Unimed
Saúde

Teste rápido: acessível, fácil e sigiloso

A supervisora do Serviço de Assistência Especializada Leníria de Cássia Menel explica que o teste rápido para HIV serve tanto como diagnóstico quanto como prevenção

11 Fev 2020 - 14h49Por Da Redação
Teste rápido: acessível, fácil e sigiloso - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

Você sabia que o teste rápido de HIV, sífilis e hepatites virais está disponível em todos os postos de saúde de Jaraguá do Sul? Sabia que se testar com frequência pode ser a diferença entre ter qualidade de vida ou se debilitar com uma doença? Os exames podem ser feitos de forma anônima. No centro de testagem e aconselhamento, além da coleta e da execução dos testes, há um processo de aconselhamento, para facilitar a correta interpretação do resultado pelo usuário. Em Jaraguá do Sul, o Centro de Testagem e Aconselhamento fica anexo ao Pama 1, no bairro Czerniewicz, e atende das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas. Mas todo esse procedimento também acontece nos postos de saúde. As equipes são treinadas para realizar o exame.

A supervisora do Serviço de Assistência Especializada Leníria de Cássia Menel explica que o teste rápido para HIV serve tanto como diagnóstico quanto como prevenção e, muito importante, evita que o vírus se propague, uma vez que a pessoa que sabe que tem o vírus é orientada a se proteger e proteger seu parceiro. Diagnosticado com HIV, o usuário terá acesso a tratamento gratuito pelo SUS, chegando a não transmitir mais o vírus a outros parceiros, o que se chama de carga viral indetectável.

Em 2019 a rede municipal de saúde realizou 58,5 mil testes rápidos. Desses, 79 foram positivos para HIV. A gerente de Vigilância Epidemiológica Fabiane da Silva explica que em casos de resultados positivos é feito um teste laboratorial de confirmação. Após esse teste, o paciente é encaminhado para tratamento com equipe multidisciplinar, incluindo psicólogo. “Há alguns anos o tratamento medicamentoso era feito só quando o paciente já estava muito perto de desenvolver a doença – a Aids. Hoje, não. O tratamento começa assim que é confirmado o diagnóstico e, com isso, a chance de não desenvolver Aids e não transmiti-la é muito grande”, comemora Fabiane.  


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

 

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá confirma nova morte pela covid-19

Ao todo, já são 396 óbitos pela doença no município.
Jaraguá confirma nova morte pela covid-19
Saúde

Com 60% da população vacinada, mortes e casos de covid-19 caem 40%

São 96 milhões de brasileiros vacinados com, pelo menos, a 1ª dose
Com 60% da população vacinada, mortes e casos de covid-19 caem 40%
Saúde

Cuidar da saúde bucal é fundamental

Saiba como
Cuidar da saúde bucal é fundamental
Saúde

AstraZeneca e Coronavac: Agendados até dia 31 podem adiantar a 2ª dose em Jaraguá

O adiantamento não implica em contraindicação, pois obedece o intervalo mínimo necessário
AstraZeneca e Coronavac: Agendados até dia 31 podem adiantar a 2ª dose em Jaraguá
Ver mais de Saúde