#ficaemcasa
Saúde

Saiba como vai funcionar a vacinação contra a gripe em Corupá

Os idosos terão agora dois pontos para a vacinação: um no salão paroquial e outro no estacionamento da Igreja Católica São José. Para evitar qualquer tipo de aglomeração, eles poderão ser imunizados dentro do carro, como uma espécie de “drive-thru” da vac

23 Mar 2020 - 11h52Por Da Redação
Saiba como vai funcionar a vacinação contra a gripe em Corupá - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Idosos poderão ser vacinados dentro do carro no Município. Prefeitura contratou novos enfermeiros e PM prestará apoio para evitar aglomerações

Vacinação

O Ministério da Saúde orientou às Secretarias Municipais de Saúde de todo o país neste domingo (22) sobre novas medidas para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que começa nesta segunda-feira (23). Nesta primeira etapa da campanha, o público-alvo são os idosos com 60 anos ou mais e os trabalhadores da Saúde.

Entre as orientações, está justamente a recomendação em aplicar as vacinas em locais fora dos ambientes de postos de saúde, para evitar expor os idosos em locais onde serão atendidos possíveis casos suspeitos de Coronavírus. Medida que Corupá já havia determinado ao optar por realizar a imunização na Igreja Católica São José.

A Prefeitura de Corupá também contratou três novos enfermeiros para atuar no Município. Eles trabalharão durante a vacinação e em seguida nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município. Segundo a Secretária de Saúde, Bernadete Hillbrecht, as contratações vão apoiar e muito os atendimentos de possíveis casos suspeitos de Covid-19 na cidade.

Com as novas recomendações do Ministério, a equipe da Secretaria de Saúde se reuniu neste domingo (22) e traçou nova estratégia para a vacinação. O atendimento continua nos mesmos horários: 8h às 11h30, e das 13h30 às 16h30.

Os idosos terão agora dois pontos para a vacinação: um no salão paroquial e outro no estacionamento da Igreja Católica São José. Para evitar qualquer tipo de aglomeração, eles poderão ser imunizados dentro do carro, como uma espécie de “drive-thru” da vacinação.  

Entenda como será a vacinação em Corupá:

- Não é mais preciso levar carteira de vacinação. Será necessário apenas o documento com foto, para ser confirmado se o morador possui 60 anos ou mais. Esteja já com sua documentação em mãos!

- Aos idosos que chegarão de carro: o veículo deve entrar pelo estacionamento principal da igreja, que tem entrada na Avenida Getúlio Vargas, entre a Prefeitura Municipal e a Agência do Bradesco. Ali terão agentes que vão orientar o trajeto. O carro vai contornar a igreja até chegar a uma área do estacionamento com toldo. Ali já estarão duas enfermeiras que vão aplicar a vacina no idoso, ou no casal de idosos, que podem permanecer no carro. Só abrir a porta para a enfermeira, que ela irá aplicar a injeção no braço, para agilizar o atendimento. Orienta-se que o idoso esteja usando manga curta para ser ainda mais rápido. A saída do carro ocorrerá pela Rua Padre Vicente Schmitz.

- Aos idosos que chegarão a pé, de bicicleta ou motocicleta: estes devem seguir diretamente para o Salão Paroquial da igreja, que tem entrada pela Rua Padre Vicente Schmitz. Só vai entrar no salão quem for se vacinar. O local foi limpo e é arejado. Outras duas enfermeiras farão a aplicação da vacina no local. O espaço foi separado com biombos. Vale a mesma orientação de usar manga curta para injeção no braço, ou calça que pode ser facilmente abaixada para aplicação da injeção em cima do quadril. O idoso irá sair por uma porta lateral do salão, para não aglomerar na porta de entrada principal.

- Os enfermeiros terão apoio de agentes comunitários e demais funcionários da Saúde que vão orientar os idosos sobre a distância que eles devem permanecer um do outro. Toda a ação está sendo planejada para evitar filas e aglomerações. Portanto, aos idosos, cabe respeitar as orientações dos funcionários que estarão no local a partir das 8h.

- Não é o momento para conversas e muito menos abraços durante o trajeto até a vacinação. Evite qualquer tipo de contato físico com outras pessoas. Aos que vão de carro, orienta-se que vão sozinhos. Infelizmente, também não é o momento para “carona solidária”.

- Todo o processo e o trânsito será monitorado com apoio da Polícia Militar. Eles vão evitar que muitos carros entrem ao mesmo tempo no estacionamento da igreja e vão evitar aglomerações nas vias e na entrada do Salão Paroquial.

- E o mais importante: se vacinou, vai para direto para casa! Toda a população deve obedecer ao isolamento neste momento, principalmente os idosos, que estão mais vulneráveis à doença.

- É relevante ressaltar ainda que, a vacinação contra a gripe não previne o Coronavírus. Ela é fundamental para ajudar a se chegar mais rápido ao diagnóstico do Covid-19, uma vez que será possível descartar a Influenza em pacientes vacinados.

Campanha de Vacinação é dividida em três etapas:

1ª fase (a partir do dia 23/03): idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

2ª fase (a partir do dia 16/04): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

3ª fase (a partir do dia 9/05): crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.

Matérias Relacionadas

Saúde

Primeiro hospital de campanha do Estado será montado em Itajaí

Primeiro hospital de campanha do Estado será montado em Itajaí
Saúde

Santa Catarina confirma 17 mortes por covid-19

Os óbitos mais recentes são de dois homens idosos, de Antônio Carlos e Criciúma, com 79 e 87 anos, respectivamente.
Saúde

Santa Catarina conta com 220 leitos de UTI novos para pacientes com Covid-19

As novas vagas estão em Florianópolis, São José, Criciúma, Araranguá, Tubarão, Blumenau, Timbó, Itajaí, Balneário Camboriú, Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra, Porto União, Lages, Joaçaba, Concórdia, Caçador, Curitibanos, Chapecó, Xanxerê e São Miguel do Oe
Santa Catarina conta com 220 leitos de UTI novos para pacientes com Covid-19
Coronavírus

Brasil registra 800 mortes pelo novo coronavírus

São Paulo concentra o maior número de pessoas mortas pela covid-19
Brasil registra 800 mortes pelo novo coronavírus
Ver mais de Saúde