Jaraguá do Sul

Produtores rurais precisam vacinar seus rebanhos contra raiva em Jaraguá do Sul

Dados da Secretaria de Agricultura e Pesca de Santa Catarina já confirmou 27 casos de raiva bovina em 11 cidades do Estado este ano

09 Jun 2019 - 06h00Por Da Redação
Produtores rurais precisam vacinar seus rebanhos contra raiva em Jaraguá do Sul - Crédito: Rogério Tallini / PMJS Crédito: Rogério Tallini / PMJS

A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul recomenda aos produtores rurais jaraguaenses a vacinar seus rebanhos bovino e equino contra a raiva. Dados da Secretaria de Agricultura e Pesca de Santa Catarina já confirmou 27 casos de raiva bovina em 11 cidades do Estado este ano.

Diante deste quadro a médica veterinária da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Claudia Feldens destaca que é preciso vacinar o rebanho para a prevenção da enfermidade. “As doses da vacina contra a raiva podem ser adquiridas em agropecuárias, devendo ser observado o estado de conservação e o prazo de validade do produto”, orienta.

A raiva é uma doença fatal, transmitida por animais domésticos, de produção e silvestres. Ataca o sistema nervoso central e pode gerar agressividade, mudança de comportamento e paralisia. Os morcegos hematófagos são os principais hospedeiros do vírus.

Orientações

1 - A vacinação deve acontecer a parti dos 4 meses do animal, Recomenda-se uma segunda dose entre 1 e 2 meses após a aplicação. O reforço é anual.

2 - Como a raiva não tem cura, a melhor forma de se prevenir é garantindo a vacinação dos animais.

3 - Observar a aparição de sintomas neurológicos como mudança de comportamento, paralisia e salivação intensa é importante. Nesses casos, a orientação é buscar atendimento veterinário urgente.

4 - Quem encontrar algum morcego morto ou caído deve evitar o contato com o animal, e entrar em contato com o setor de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (fone: 2106-8308).

5 - Caso alguém seja mordido, arranhado ou tenha contato com secreções de animais infectados, a orientação é buscar atendimento médico urgente - seja em um hospital ou posto de saúde - e relatar o ocorrido.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Saúde

Vacinar gestante é fundamental para proteger bebê, dizem especialistas

Dose na gravidez previne doenças nos primeiros meses de vida
Vacinar gestante é fundamental para proteger bebê, dizem especialistas
Saúde

Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde

Para os pacientes em cuidado domiciliar, a tecnologia também vai informar a necessidade de troca dos cilindros de oxigênio
Dispositivos digitais abrem novas possibilidades na saúde
Saúde

Assinado contrato para obra da UBS -João Tozini em Corupá

A obra terá custará R$ 660 mil, com recursos do Ministério da Saúde, intermediados pelo deputado estadual Vicente Caropreso, deputado Marco Tebaldi e senador Paulo Bauer
Assinado contrato para obra da UBS -João Tozini em Corupá
Saúde

Secretário de Saúde explica sobre falta do medicamento Tramadol na Farmácia Básica

O Tramadol é indicado para o alívio da dor de intensidade moderada a grave
Secretário de Saúde explica sobre falta do medicamento Tramadol na Farmácia Básica
Ver mais de Saúde