Unimed
Saúde

Presidente de Associação Médica explica procedimentos sobre a estatística dos casos de COVID-19

A Rádio Jaraguá entrou em contato com o presidente da Associação Médica de Jaraguá do Sul, Rodrigo Ferreira de Souza, que integra o comitê extraordinário municipal de enfrentamento à COVID-19

15 Jul 2020 - 06h00Por Sérgio Luiz
Presidente de Associação Médica explica procedimentos sobre a estatística dos casos de COVID-19 - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

Após a divulgação dos mais recentes números sobre as pessoas que deram resultado positivo para a contaminação pelo novo coronavírus, houve diversas manifestações através das redes sociais. Porém uma em especial chamou a atenção pela afirmação categórica de um cidadão, que, em um grupo de conversas por aplicativo afirmou ter um amigo que ligou no 0800 da Prefeitura e “ganhou um atestado de COVID-19 para a família toda, sem nem chegar perto de um hospital”. Questionado reservadamente essa pessoa reafirmou o que disse., 

A Rádio Jaraguá entrou em contato com o presidente da Associação Médica de Jaraguá do Sul, Rodrigo Ferreira de Souza, que integra  o Comitê Extraordinário Municipal de Enfrentamento à COVID-19. Ele explica que, “quando alguém com sintomas respiratórios como tosse,  dor de garganta, embora na maioria das vezes não seja um quadro causado por coronavírus, é considerado, conforme a recomendação atual um quadro suspeito de COVID19. Devendo a pessoa ficar em isolamento em torno de 7 até 14 dias, conforme a evolução clínica e o resultado de exames confirmatórios”. 

Souza acrescentou que as pessoas podem estranhar o procedimento “pois muitas vezes a pessoa liga no tele consulta entre o 1º e 3º dia de sintomas, por exemplo, quando ainda não estaria na hora de coletar o exame, que vai levar em média de 3 a 7 dias pra ficar pronto, após a coleta que é feita à partir do 5º ou 6º dia de sintomas”, disse.  

E destacou que os contatos domiciliares da pessoa com sintomas suspeitos de COVID-19, também podem ser colocados em isolamento até o desfecho da situação. Ressaltando que o CID no atestado é para fins de justificativa de isolamento. E que a pessoa nessa condição não figura como caso confirmado. “Neste caso não. Mesmo que conste neste atestado (apesar de naquele momento ser uma suspeita ainda), esse paciente e seus contatos de casa não entram na estatística dos casos confirmados”, concluiu.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Central de Vacinas Covid de Jaraguá estará fechada no domingo (1)

A vacinação ocorre no Parque Municipal de Eventos de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h
Central de Vacinas Covid de Jaraguá estará fechada no domingo (1)
Saúde

Covid-19: Central de Orientação já monitorou mais de 250 mil pessoas

O serviço foi criado especialmente para atender a demanda causada pela pandemia do novo coronavírus
Covid-19: Central de Orientação já monitorou mais de 250 mil pessoas
Saúde

Schroeder disponibiliza doses da vacina contra a gripe

A campanha de vacinação contra a H1N1 não atingiu a meta de 100% na cidade
Schroeder disponibiliza doses da vacina contra a gripe
Saúde

Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 33 anos

A Central de Vacinas, no Parque Municipal de Eventos, fica aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados e domingos das 8h às 17h
Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 33 anos
Ver mais de Saúde