Unimed
Saúde

População adere ao uso de máscara em Jaraguá

Na segunda-feira (13) a Prefeitura de Jaraguá decretou que todos os jaraguaenses, ao saírem de casa, são obrigados a usar máscara.

16 Abr 2020 - 18h30Por Da Redação
População adere ao uso de máscara em Jaraguá - Crédito: Divulgação Prefeitura de Jaraguá Crédito: Divulgação Prefeitura de Jaraguá

No primeiro dia de obrigatoriedade do uso da máscara ao sair de casa, a população mostrou que está consciente do seu dever de cuidar de si e dos outros. Os jaraguaenses circulando nas vias públicas da cidade estão portando máscara de proteção, o que diminui drasticamente a propagação de gotículas entre as pessoas, principal meio de contaminação pelo coronavírus. Na segunda-feira (13) a Prefeitura de Jaraguá decretou que todos os jaraguaenses, ao saírem de casa, são obrigados a usar máscara. O decreto número 13.745, assinado pelo prefeito Antídio Lunelli e com vigor a partir de hoje, dia 16 de abril, tem por objetivo diminuir os casos de contaminação por coronavírus, visto que, em cidades que adotaram esse tipo de proteção, as estatísticas mostraram que a contaminação foi menor do que nas cidades que não adotaram a máscara em 100% da população.

O secretário de saúde Alceu Moretti analisa como positiva a atitude dos cidadãos jaraguaenses desde o momento em que foi decretado pelo governo do estado o isolamento social. “Graças a essa conscientização das pessoas, temos poucos casos de confirmação da doença. Agora, com a abertura do comércio na segunda-feira, dia 13, temos milhares de pessoas voltando as suas atividades e expostas ao vírus. A máscara é fundamental para se proteger e evitar contaminar as outras pessoas”, ressalta Moretti. 

O secretário cita ainda o cuidado que as unidades de saúde estão tendo ao voltar ao atendimento eletivo de pacientes - como gestantes, diabéticos, hipertensos e crianças – com espaçamento entre as consultas. O Centro Vida, que atende por agendamento os pacientes que precisam de consultas especializadas, está agendando cerca de 150 consultas por dia, enquanto que a média era de 500 consultas por dia. Os pacientes estão sendo orientados a chegar com, no máximo, 15 minutos de antecedência. “Nos primeiros dias de atendimento no Centro Vida, segunda e terça-feira, mesmo com a orientação insistente por telefone, muitos pacientes chegaram com muita antecedência, promovendo a aglomeração de pessoas. Pedimos consciência a todos, nesse momento em que é necessário evitar a reunião de muitas pessoas num mesmo lugar”, pede Alceu Moretti.

A gerente de Vigilância Epidemiológica Fabiane da Silva enfatiza que, mesmo as pessoas que não tem condições de comprar máscaras, podem se proteger. “Sabe aquele lenço que usamos no pescoço? Pode ser dobrado duplo e amarrado na nuca, de forma a proteger a boca e o nariz. Posso usar o tecido de uma cortina ou roupa de cama que não uso mais? Sim, pode. Basta observar os cuidados com a higienização desses tecidos”, lembra Fabiane. Ela ainda cita que, para quem fica mais em casa, são necessárias menos máscaras do que para aquele que tem que sair para trabalhar.

O médico infectologista da rede municipal de saúde Willy Hiraga acrescenta que os cuidados com a higienização das máscaras caseiras após o uso pode ser o mesmo que o cuidado diário com a roupa que usamos. Ou seja, podem ser lavadas com água e sabão, à mão ou na máquina de lavar roupa, junto com outras roupas. 

O poder público conta com a conscientização de todos os jaraguaenses para a adesão ao uso da máscara. De acordo com o decreto, os órgãos de fiscalização, num primeiro momento, vão promover a orientação e recomendação do uso da máscara.  Caso não sejam acatadas as recomendações, o infrator estará sujeito à aplicação de multas. Os artigos 268 e 330 do Código Penal preveem sanções para o descumprimento de medida sanitária preventiva e crime de desobediência, respectivamente. Pessoas com sintomas de gripe devem usar máscara em casa, evitando assim a contaminação das pessoas que vivem na mesma residência.

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá suspende vacinação contra a covid por falta de doses

Assim que receber novas doses município retomará a vacinação para primeira dose. A aplicação da segunda dose segue normalmente
Jaraguá suspende vacinação contra a covid por falta de doses
Saúde

Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC

As regiões da Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí e Nordeste permaneceram classificadas com o nível máximo de atenção
Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC
Saúde

Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021

Atualmente, Santa Catarina é o quinto estado do Brasil com o maior percentual da população totalmente imunizada
Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021
Saúde

Senhas da vacinação covid podem ser acompanhadas por aplicativo em Jaraguá

É necessário atualizar o aplicativo Jaraguá na Mão para ter essa funcionalidade
Senhas da vacinação covid podem ser acompanhadas por aplicativo em Jaraguá
Ver mais de Saúde