dengue
Saúde

Mãe que perdeu bebê doa leite materno para ajudar outras crianças

Eu sabia que não poderia salvar a vida dela, mas pelo menos poderia ajudar a salvar a vida de outros bebês, disse Alexis

12 Out 2019 - 06h00Por Da Redação

A força, generosidade, empatia e o altruísmo dessa mãe que perdeu o bebê comoveram os EUA.

Depois de amamentar e perder a filha McKinleigh, que nasceu com anencefalia – anomalia que faz bebês nascerem sem partes do crânio e do cérebro – Alexis Marrino doou todo leite materno que havia estocado, para ajudar outras crianças.

Ela sabia que seu corpo ainda produziria leite por algum tempo, então decidiu bombear e estocar. “Eu sabia que não poderia salvar a vida dela, mas pelo menos poderia ajudar a salvar a vida de outros bebês”, disse Alexis.

Em setembro, dois meses após o nascimento de McKinleigh, Alexis juntou para doar mais de 140 garrafinhas, com 33 litros de leite materno no total – 1.130 ounces.

Ela lembra que não foi fácil e que sofreu durante o processo.

História

A vida de McKinleigh terminou muito cedo, horas depois de vir ao mundo, na Flórida, EUA.

A mãe descobriu que a filha tinha anencefalia durante um exame de ultrassom para revelar o sexo do bebê.

Mesmo assim, ela decidiu ter a criança e cuidar dela enquanto pudesse.

McKinleigh Jade nasceu dia 29 de julho de 2019 e pôde ser cuidada, amamentada, batizada e abraçada por Alexis e o pai, Michael.

“Sentir seu pequeno corpo quente no meu peito era muito mágico”, disse Alexis.

Uma das formas que a mãe encontrou para se levantar foi a doação do leite materno, mas ela lembra que não foi fácil.

“Houve dias em que chorei porque fiquei pensando: ‘Como é justo fazer isso com o bebê de outra pessoa em vez do meu’? Mas, apesar de tudo, continuei e finalmente terminei! Eu queria deixar McKinleigh orgulhosa e gostaria de pensar que ela ficou”, contou.

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue

Estado registra 17.696 casos prováveis de dengue em 177 municípios catarinenses. Os dados mostram um aumento de 650% em relação ao mesmo período do ano passado
Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue
Saúde

Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024

Na segunda-feira (19) pelo menos 79 pessoas estavam internadas por conta da dengue em 20 hospitais do estado
Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024
Saúde

Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue

Reunião com representantes de entidades definiu a organização de um Dia "D" de combate ao mosquito da dengue, com ações focadas na prevenção
 Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue
Geral

A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações

Neste contexto, exploraremos a importância do autocuidado na vida sexual e nas relações, destacando como esse aspecto influencia diretamente a qualidade dos vínculos afetivos
A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações
Ver mais de Saúde