Saúde

Maçaneta, corrimão e materiais de cobre matam covid em 4 horas

De acordo com o cientista, quando o coronavírus atinge o cobre, os íons metálicos – átomos carregados eletricamente – atacam a membrana lipídica do vírus

06 Jun 2020 - 08h00Por Da Redação
Maçaneta, corrimão e materiais de cobre matam covid em 4 horas - Crédito: Reprodução / Daily Mail Crédito: Reprodução / Daily Mail

Maçanetas, corrimãos e carrinhos de compras devem ser revestidos de cobre para evitar a propagação do coronavírus, alertou um cientista britânico em reportagem publicada pelo Daily Mail.

William Keevil, um microbiologista sênior da Universidade de Southampton, afirmou que a infecção pode sobreviver e permanecer contagiosa em aço e plástico por três dias, mas o coronavírus é eliminado em apenas quatro horas no cobre por causa das propriedades antibacterianas do metal, informou o jornal britânico.

De acordo com o cientista, quando o coronavírus atinge o cobre, os íons metálicos – átomos carregados eletricamente – atacam a membrana lipídica do vírus, a estrutura que o protege.  

O cobre então invade a estrutura proteica, destrói o DNA do vírus e ele morre. 

Por isso, o cientista sugeriu a adoção de cobre no transporte público e em equipamentos de ginástica, para serem revestidos com metal.

O professor William Keevil disse à Times que os ônibus na Polônia já são equipados com corrimãos banhados a cobre.

Ele lembrou também que em aeroportos no Chile e no Brasil quiosques de imigração são revestidos de metal.

E falou que algumas academias – repletas de bactérias e outros germes infecciosos – já cobriram halteres e outros equipamentos com cobre nos Estados Unidos.

O professor Keevil – que estuda os efeitos antimicrobianos do cobre há mais de duas décadas – disse que telas em restaurantes de fast-food e caixas eletrônicos também podem se beneficiar com o metal. 

Um estudo dos EUA, feito em novembro passado, descobriu que os leitos hospitalares de cobre em unidades de terapia intensiva abrigavam uma média de 95% menos bactérias do que os leitos hospitalares convencionais.

“Maçanetas, canos de pressão nas portas e trilhos de escadas em edifícios públicos, bem como trilhos de ônibus e trens, todos devem ter elementos de cobre introduzidos no Reino Unido”, concluiu.

Lembrando, que superfícies de cobre, também dever ser higienizadas!

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau

Marcelo Queiroga foi recebido pelo Diretor de Operações da instituição
Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau
Saúde

Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid

Assim que receber nova remessa de vacinas do Governo do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde retomará o Plano Nacional de Imunização Contra a Covid-19, seguindo as orientações do Ministério da Saúde
Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid
Saúde

SC ultrapassa 5 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19

O total de pessoas completamente imunizadas em Santa Catarina já é maior do que o número dos que foram infectados, desde o início da pandemia
SC ultrapassa 5 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19
Saúde

Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 32 anos

Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 32 anos
Ver mais de Saúde