dengue
Saúde

Jaraguá tem primeiro caso suspeito de coronavírus

Em Santa Catarina, o número de casos suspeitos do Covid-19 subiu para 54.

05 Mar 2020 - 17h56Por Janici Demetrio

Jaraguá está entre a cidades catarinense com caso suspeito de coronavírus. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde no final da tarde desta quinta-feira (5). A cidade tem um caso suspeito. Informações sobre o paciente de Jaraguá do Sul não foram divulgadas. 

Em Santa Catarina, o número de casos suspeitos do Covid-19 subiu para 54. No boletim divulgado na quarta-feira (4) eram 46. Quatro casos já foram descartados no estado. 

O Ministério da Saúde confirmou mais quatro casos de coronavírus no Brasil, totalizando seis em São Paulo, um no Rio de Janeiro e outro no Espírito Santo. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, o caso confirmado no Espírito Santo entrará no banco de dados do ministério nas próximas horas, mas já está confirmado. 

O caso do Espírito Santo é uma mulher de 37 anos, com histórico de viagem. Além disso, existe um caso confirmado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal, mas o ministério aguarda a contraprova para confirmar oficialmente. Assim, o Brasil tem 636 casos suspeitos e oito confirmados. 

Municípios com pacientes monitorados em SC:

Balneário Camboriú: 3
Benedito Novo: 1
Blumenau: 1 
Brusque: 1
Chapecó: 2
Concórdia: 1
Criciúma: 1
Florianópolis: 17
Itajaí: 4
Itapema: 2
Joinville:8
Jaraguá do Sul: 1
Balneário Piçarras: 1
Porto Belo: 1
Pouso Redondo: 2
São Bento do Sul: 2
São João Batista: 1
São José: 4
Tijucas: 1

O Ministério da Saúde recomenda como medidas de prevenção ao novo coronavírus:

- lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;

- evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- evitar contato próximo com pessoas doentes;

- ficar em casa quando estiver doente;

- usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso; 

- não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;

- limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Outros cuidados importantes são manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

O ministério explica que não há nenhum medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus.

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Por que o nome é coronavírus?

Porque essa família de vírus tem a característica de se parecer com uma coroa.

Período de incubação do coronavírus

Período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias.

Período de transmissibilidade do coronavírus

De uma forma geral, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o coronavírus. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos.

Fonte de infecção do coronavírus

A maioria dos coronavírus geralmente infectam apenas uma espécie animal ou pelo menos um pequeno número de espécies proximamente relacionadas. Porém, alguns coronavírus, como o SARS-CoV, podem infectar pessoas e animais. O reservatório animal para o coronavírus (COVID-19) ainda é desconhecido.

 

Matérias Relacionadas

Saúde

Santa Catarina recebe 15 mil doses de vacina contra a dengue

Os municípios da região estão na lista de contemplados
Santa Catarina recebe 15 mil doses de vacina contra a dengue
Segurança

Empresa que processava alimentos para a China é fechada em Massaranduba

Entre os produtos, foram encontrados bexiga natatória de peixe e barbatana de tubarão
Empresa que processava alimentos para a China é fechada em Massaranduba
Geral

Jaraguá do Sul ganha clínica especializada em aparelhos auditivos

Clínica Amplisul se instala em Jaraguá do Sul oferece aparelhos auditivos com alta qualidade, preços especiais e atendimento diferenciado.
Jaraguá do Sul ganha clínica especializada em aparelhos auditivos
Saúde

Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue

Estado registra 17.696 casos prováveis de dengue em 177 municípios catarinenses. Os dados mostram um aumento de 650% em relação ao mesmo período do ano passado
Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue
Ver mais de Saúde