Saúde

Hemosc reforça pedido de doação de sangue na alta temporada de Verão

O sangue doado auxilia no tratamento de alguns pacientes e em casos de acidentes e cirurgias, que necessitam de transfusão

08 Jan 2020 - 06h00Por Da Redação
Hemosc reforça pedido de doação de sangue na alta temporada de Verão - Crédito: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom Crédito: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

A doação de sangue é uma atitude importante, que salva vidas. O sangue doado auxilia no tratamento de alguns pacientes e em casos de acidentes e cirurgias, que necessitam de transfusão. Para atender essa demanda, o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) precisa manter seus estoques de bolsas de sangue em um nível adequado. Durante a temporada de verão, esse desafio é ainda maior, já que nesta época as doações tendem a diminuir, e a procura por sangue pode aumentar.                            

A responsável pela Divisão de Produção do Hemosc, Muriel Mazziero, lembra que o sangue é insubstituível, não podendo ser fabricado artificialmente, o que torna a doação a única forma de obtenção. “Doar sangue é um ato simples, tranquilo e seguro. A doação espontânea e periódica é fundamental para a manutenção dos estoques. Uma única doação pode salvar várias vidas”.

Muriel afirma que todo o processo de doação leva, em média, 55 minutos e são retirados aproximadamente 450 ml de sangue. A coleta é feita por pessoal capacitado e sob supervisão de um médico ou enfermeiro, garantindo o bem-estar do doador. “A pessoa faz o cadastro com documento oficial com foto, depois passa por um processo de triagem para ver se cumpre os requisitos de doador. Em seguida é feita a retirada do sangue e, na sequência, encaminhada para um lanche”, explica.

O Hemosc necessita de todos os tipos sanguíneos, mas o estoque de O negativo costuma reduzir mais rapidamente. “Como o O negativo é compatível com os outros tipos sanguíneos, ele é o sangue escolhido para transfusões de emergência, tendo um consumo maior e o mais afetado pelas diminuições das doações”, esclarece Muriel.

Pra ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 69 anos, ou mais de 16 na presença e autorização formal dos pais, e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação leve nas 12 horas antes da doação.

Para saber os locais de doação de sangue no estado, acesse www.hemosc.org.br.

Saiba mais sobre a doação de sangue:

Tipos de doação

O doador pode candidatar-se à doação de três formas:

- Doação espontânea: atitude solidária para ajudar o próximo, de modo altruísta
- Doação vinculada: vinculada à algum paciente
- Doação autóloga: doar para si mesmo

O que é necessário para doar?

- Ter idade entre 18 e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
- Doadores com idade de 16 e 17 anos de idade são aceitos para doação mediante a presença e autorização formal dos pais e/ou responsável legal;
- O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
- O candidato à doação deve estar em boas condições de saúde, sem feridas ou machucados no corpo;
- Pesar acima de 50 kg;
- Apresentar documento de identidade com foto, emitido por órgão oficial: RG, carteira profissional, carteira de motorista, etc;
- Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas nas horas que antecedem a doação;
- Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas.

Intervalo entre as doações:

- Mulheres: 90 dias/ três doações nos últimos 12 meses;
- Homens: 60 dias/ quatro doações nos últimos 12 meses.

Não pode doar:

Quem tem ou teve as seguintes doenças:

- Hepatite após os 11 anos de idade;
- Lepra (hanseníase);
- Hipertireoidismo e tireoidite de Hashimoto;
- Doença autoimune;
- Doença de Chagas;
- Aids;
- Problemas cardíacos (necessita avaliação e declaração do seu cardiologista);
- Diabetes;
- Câncer.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau

Marcelo Queiroga foi recebido pelo Diretor de Operações da instituição
Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau
Saúde

Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid

Assim que receber nova remessa de vacinas do Governo do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde retomará o Plano Nacional de Imunização Contra a Covid-19, seguindo as orientações do Ministério da Saúde
Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid
Saúde

SC ultrapassa 5 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19

O total de pessoas completamente imunizadas em Santa Catarina já é maior do que o número dos que foram infectados, desde o início da pandemia
SC ultrapassa 5 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19
Saúde

Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 32 anos

Jaraguá libera vacina contra a covid-19 para pessoas com 32 anos
Ver mais de Saúde