dengue
Saúde

Guaramirim descarta casos suspeitos de coronavírus

O Laboratório Central de Santa Catarina (Lacen/SC) entregou o resultado dos exames para a Vigilância Epidemiológica municipal, onde consta a negativa para a doença

10 Mar 2020 - 15h47Por Da Redação

A Secretaria de Guaramirim informa que foram descartadas as suspeitas de coronavírus em dois pacientes do município. O Laboratório Central de Santa Catarina (Lacen/SC) entregou o resultado dos exames para a Vigilância Epidemiológica municipal, onde consta a negativa para a doença.

Conforme o secretário de Saúde, Marcelo Deretti, um dos casos foi confirmado com H1NI e a pessoa já está recebendo o acompanhamento da equipe da Saúde. O município não possui mais nenhuma suspeita de Coronavírus, porém o secretário reforça a importância dos cuidados para a prevenção. 

O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China.  Os primeiros coronavírus humanos foram identificados em meados da década de 1960. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectar com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Medidas de Prevenção

lavar as mãos com água e sabão com frequência;
Usar álcool gel com frequência;
evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
evitar contato próximo com pessoas doentes;
ficar em casa quando estiver doente;
cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência;
Evite viajar se estiver com febre ou tosse;
Se você ficar doente durante uma viagem, procurar imediatamente a tripulação ou equipe médica de bordo;
Como é definido um caso suspeito do coronavírus

Com a amplitude da região de risco, pessoas vindas da China nos últimos 14 dias e que apresentem febre e sintomas respiratórios, como tosse ou dificuldade para respirar, podem ser considerados casos suspeitos da doença. Esses devem ser mantidos em isolamento enquanto houver sinais e sintomas clínicos.

Tratamento

Os cuidados serão realizados pela equipe de saúde de acordo com a gravidade do caso.

Formas de Transmissão

O novo coronavírus é capaz de infectar humanos e pode ser transmitido de pessoa a pessoa por gotículas respiratórias, por meio de tosse ou espirro, pelo toque ou aperto de mão ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido então de contato com a boca, nariz ou olhos.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue

Estado registra 17.696 casos prováveis de dengue em 177 municípios catarinenses. Os dados mostram um aumento de 650% em relação ao mesmo período do ano passado
Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue
Saúde

Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024

Na segunda-feira (19) pelo menos 79 pessoas estavam internadas por conta da dengue em 20 hospitais do estado
Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024
Saúde

Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue

Reunião com representantes de entidades definiu a organização de um Dia "D" de combate ao mosquito da dengue, com ações focadas na prevenção
 Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue
Geral

A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações

Neste contexto, exploraremos a importância do autocuidado na vida sexual e nas relações, destacando como esse aspecto influencia diretamente a qualidade dos vínculos afetivos
A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações
Ver mais de Saúde