dengue
Saúde

Creme pra verrugas impede infecção de vírus de mosquito após picada

Ele funciona ativando rapidamente as respostas imunológicas locais na pele, o que impede que o vírus se espalhe para o resto do corpo

08 Fev 2020 - 15h00Por Da Redação

Um creme que estimula o sistema imunológico protegeu animais de laboratório da infecção por vários vírus que são transmitidos pelas picadas de mosquitos e pernilongos.

Se aprovado para uso humano, o repelente desenvolvido no Reino Unido, promete ajudar a reduzir a propagação de vírus como zika, dengue e chikungunya.

O creme, chamado imiquimod ou Aldara, é comumente usado para tratar verrugas genitais e algumas formas de câncer de pele, mas ainda não foi testado em humanos para uso em picadas de mosquito.

Ele funciona ativando rapidamente as respostas imunológicas locais na pele, o que impede que o vírus se espalhe para o resto do corpo.

Steven Bryden e seus colegas da Universidade de Leeds, no Reino Unido, começaram o estudo e os testes com o vírus Semliki Forest, que é transmitido por mosquitos e causou surtos na África.

Testes

Em alguns experimentos, eles injetaram os vírus diretamente nos locais de picadas de pernilongo para garantir a infecção.

Sete dos 11 camundongos, cujas picadas de mosquito foram tratadas com o creme para a pele, sobreviveram à infecção.

Nenhum dos outros 11 camundongos que não receberam o creme sobreviveu à infecção.

O creme para a pele também limitou a propagação do vírus chikungunya e outro vírus transmitido por mosquitos, chamado Bunyamwera orthobunyavirus, sugerindo que o tratamento pode funcionar contra muitos vírus transmitidos por mosquitos.

“Foi uma grande surpresa que a simples aplicação de um creme pudesse ter um efeito tão dramático,” disse o professor Clive McKimmie.

Longa duração

A aplicação do creme para a pele protegeu os animais contra o vírus mesmo quando aplicado até cinco horas após a picada do pernilongo.

O creme também limitou a disseminação dos vírus zika e chikungunya em amostras de tecido de pele humana testadas em laboratório, sugerindo que essa abordagem também pode funcionar em pessoas.

A equipe pretende agora realizar testes de segurança em humanos.

Como o medicamento já foi aprovado para uso humano, o creme antiviral poderá ser aprovado de forma relativamente rápida.

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Comissão aprova validade permanente para diagnóstico de autismo

Matéria segue para análise da Câmara
Comissão aprova validade permanente para diagnóstico de autismo
Saúde

Jaraguá do Sul decreta Situação de Emergência em função da dengue

O decreto estabelece, também, que os órgãos públicos municipais tenham um momento semanal para realizar atividades de conscientização e prevenção à Dengue
Jaraguá do Sul decreta Situação de Emergência em função da dengue
Saúde

Governo de SC lança painel com dados da Dengue

As pessoas podem acessar e ter conhecimento sobre como está a situação do seu município e isso pode até servir como mais um alerta
Governo de SC lança painel com dados da Dengue
Saúde

Vacinação contra a dengue começa hoje em Jaraguá do Sul

Imunização ocorre em 22 Unidades de Saúde com sala de vacinas
Vacinação contra a dengue começa hoje em Jaraguá do Sul
Ver mais de Saúde