105 Ouça
Saúde

Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios

Ministério da Saúde coletou detalhes técnicos dos estudos em andamento

23 Nov 2020 - 06h01Por Agência Brasil

O governo brasileiro informou hoje (22) que se reuniu, na última semana, com cinco laboratórios que desenvolvem vacinas contra a covid-19. Foram recebidos representantes da Pfizer, Janssen, Bharat Biotech, Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) e Moderna. Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que coletou informações sobre os detalhes técnicos das vacinas, bem como sua segurança e eficácia.

A pasta informou ainda que deverá assinar cartas de intenção não-vinculantes com as empresas para permitir uma futura aquisição de doses. Mas qualquer compra de vacina só poderá ocorrer após o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Outros requisitos também precisam ser cumpridos antes da compra de uma vacina: a segurança; a eficácia; a capacidade de produção em escala; a oferta em tempo oportuno para inserir as vacinas no Programa Nacional de Imunizações (PNI); o preço proposto para a incorporação e as condições logísticas oferecidas.

“Os encontros desta semana complementam os acordos contratuais feitos pelo Governo Federal. Até o momento, o Ministério da Saúde tem acordos contratuais para o possível acesso a 142,9 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, que poderão imunizar pelo menos um terço da população brasileira, assim que concluídas as etapas de segurança, eficácia e registro”, afirmou o ministério, em nota.

Segundo a pasta, a previsão é produzir na Fiocruz, de forma autônoma, mais 110 milhões de vacinas em 2021, “se tudo ocorrer da maneira planejada”. O Ministério da Saúde afirmou que acompanha 270 estudos de vacinas em todo o mundo e quer adquirir uma vacina segura “com a maior brevidade”.

Edição: Denise Griesinger

Matérias Relacionadas

Saúde

Hospital Jaraguá promove caminhada no sábado 

A iniciativa é realizada por meio do Programa EstarLev e tem como objetivo incentivar a prática de atividades físicas e hábitos mais saudáveis
Hospital Jaraguá promove caminhada no sábado 
Saúde

Jaraguá libera reforço da vacina contra a covid-19 para quem tomou a D2 até 21 de abril

Pessoas com 30 anos ou mais e trabalhadores da saúde que fizeram a 3ª dose há quatro meses, já podem tomar a 4ª dose
Jaraguá libera reforço da vacina contra a covid-19 para quem tomou a D2 até 21 de abril
Saúde

Santa Catarina tem 36 casos confirmados de varíola dos macacos 

Mais de 130 casos seguem em investigação
Santa Catarina tem 36 casos confirmados de varíola dos macacos 
Saúde

Guaramirim tem novo espaço para aplicação de vacinas especiais

Estrutura começa a funcionar nesta segunda-feira (15)
Guaramirim tem novo espaço para aplicação de vacinas especiais
Ver mais de Saúde