Imobiliária Coralli
Saúde

Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI

O encontro desta segunda-feira (13) também teve a participação de representantes dos hospitais filantrópicos, das secretarias municipais da saúde e da Federação Catarinense de Municípios (Fecam)

13 Jul 2020 - 17h35Por Da Redação
Em reunião com secretário da Saúde e parlamentares, ministro da Saúde se compromete com 240 monitores para leitos de UTI - Crédito: Julio Cavalheiro/ Secom Crédito: Julio Cavalheiro/ Secom

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, participou de uma videoconferência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e com parlamentares catarinenses para debater medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19 em Santa Catarina. O encontro desta segunda-feira, 13, também teve a participação de representantes dos hospitais filantrópicos, das secretarias municipais da saúde e da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). 

Samae - Julho

O ministro Pazuello avaliou que a doença tem se espalhado mais rapidamente nas últimas semanas pelos Estados do Sul e do Centro-Oeste do Brasil e afirmou que o Governo Federal entregará até a quarta-feira desta semana mais 240 monitores para equipar leitos de UTI. Juntamente com os respiradores comprados pelo Governo de Santa Catarina, eles permitirão a  ativação de novos leitos para o enfrentamento à Covid-19.

Na reunião, André Motta afirmou que o Estado vive um momento delicado no combate à pandemia, com um aumento exponencial de casos e destacou o esforço em ampliação dos leitos. Outro assunto abordado pelo secretário foi a dificuldade na compra de medicamentos para intubação de pacientes, cujos estoques estão em nível crítico. O secretário nacional de Atenção Especializada à Saúde, Luiz Franco Duarte, comprometeu-se para que o Ministério faça uma compra internacional de medicamentos no Uruguai.

“O saldo bastante positivo dessa reunião é a vontade de todos, especialmente do Governo do Estado, de estabelecer um diálogo para a construção de um sistema de saúde seguro para a sociedade catarinense. Hoje foi pactuado que, apesar de diferenças, vamos todos trabalhar juntos para que se ofereça mais oferta de serviços de saúde ao cidadão. Também é importante destacar que, após mais de 40 dias de discussões, o Ministério da Saúde entendeu a responsabilidade e a necessidade da compra centralizada de alguns insumos para esse enfrentamento, especialmente o kit intubação”, destacou o secretário. 

Ao fim da reunião, André Motta respondeu a dúvidas de prefeitos e parlamentares sobre as ações do Estado frente à pandemia, tais como a ampliação de quase 600 leitos de UTI realizada desde março. O encontro foi mediado pela deputada Carmen Zanotto e organizado pela Comissão Externa da Câmara dos Deputados.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

ANS obriga planos de saúde a incluírem teste sorológico da covid-19

Decisão foi tomada pela diretoria colegiada da agência
ANS obriga planos de saúde a incluírem teste sorológico da covid-19
Saúde

Estoques de hidroxicloroquina no país estão zerados, diz Pazuello

Só há reserva para casos de malária, lúpus e artrite
Estoques de hidroxicloroquina no país estão zerados, diz Pazuello
Santa Catarina

Coronavírus em SC: Estado tem índice de recuperação hospitalar acima da média nacional

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 66,3% das internações em hospitais catarinenses por Covid-19 evoluem para a cura, frente à média nacional de 59,1%
Coronavírus em SC: Estado tem índice de recuperação hospitalar acima da média nacional
Saúde

Pazuello diz que vacina de Oxford é a melhor opção até agora

Segundo o ministro, vacina russa ainda está muito incipiente
Pazuello diz que vacina de Oxford é a melhor opção até agora
Ver mais de Saúde