Saúde

Começa hoje a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo

Neste ano, foram registrados, até o momento, 35 casos suspeitos e nove confirmados em Jaraguá do Sul

18 Nov 2019 - 15h00Por Da Redação
Começa hoje a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

Inicia hoje (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo. No público-alvo, constam adultos e jovens não vacinados entre 20 e 29 anos de idade. Até o dia 29, as 22 Unidades de Saúde com salas de vacinação estarão abertas das 7h30 às 16 horas para aplicação tríplice viral*. Em 30 de novembro (sábado dia "D"), todas as Unidades com sala de vacinas estarão abertas das 8 às 17 horas para imunização. Neste ano, foram registrados, até o momento, 35 casos suspeitos e nove confirmados em Jaraguá do Sul. Dados do IBGE apontam que a cidade conta com cerca de 30 mil pessoas entre 20 e 29 anos, justamente as que integram a maioria dos casos confirmados da doença na cidade, segundo o gerente da Vigilância Epidemiológica, Geovani Carvalho Lombardi.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde, Dalton Fernando Fischer, a Vigilância Epidemiológica do Estado considera a situação atual como um surto da doença. A situação é preocupante, uma vez que a circulação endêmica do vírus foi interrompida no Estado em 2000. Desde então, registraram-se casos esporádicos e importados em 2001 (1 caso), 2003 (2 casos), 2005 ( 4 casos) e, em 2013 (1 caso), todos relacionados com histórico de viagens internacionais que trouxeram o vírus do genótipo D8, circulante do continente Europeu. Os últimos óbitos registrados no Estado ocorreram em 1992. No Brasil, o sarampo é uma doença de notificação compulsória devendo ser notificada às secretarias de saúde em até 24 horas.

Para a gerente de Vigilância Epidemiológica, Fabiane da Silva Ananias há a necessidade de que as pessoas se conscientizem sobre a importância da imunização. “Trata-se de uma doença que estava eliminada e que ressurgiu. O maior problema é a sua facilidade de transmissão, por via respiratória, e a imunização é a única maneira de controlar o vírus”, pondera. Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que em 2019, até o início de novembro, foram aplicadas 17.946 doses de vacinas.

A supervisora de imunização, Ana Cristina Machado Kneipp, explica que uma pessoa contaminada transmite o vírus para cerca de 12 a 18 pessoas, mesmo antes de saber que está doente. O sarampo é transmitido seis dias antes e quatro dias após o aparecimento do exantema (manchas vermelhas), sendo o maior risco dois dias antes e dois dias após o início do exantema. Entre os sintomas do sarampo constam febre alta, tosse, coriza, olhos avermelhados e manchas vermelhas pelo corpo. A evolução da doença pode causar complicações como pneumonia, encefalite e, em casos mais graves, à morte. Pessoas com os sintomas descritos devem procurar uma Unidade de Saúde para avaliação clínica e evitar os locais com grande circulação de pessoas. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar ou falar. Por ser altamente contagioso é necessária uma elevada cobertura vacinal para que a circulação do vírus seja interrompida.

* A tríplice viral é a maneira mais eficaz de prevenção contra o sarampo, além de proteger também contra rubéola e caxumba. O Ministério da Saúde recomenda a intensificação da vacinação de rotina com uma dose da vacina aos 12 meses e reforço aos 15 meses; duas doses a partir de 12 meses a 29 anos de idade e uma dose para a população de 30 a 49 anos; além da dose zero para crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. As vacinas disponíveis são eficazes e capazes de induzir proteção para todos os genótipos virais circulantes no mundo.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Atenção

Santa Catarina registra casos de gripe mesmo com a proximidade do verão

A responsável técnica pela influenza em Santa Catarina, Simone Bittencourt, ressalta que, apesar da circulação do vírus ser mais intensa no inverno, ele está presente todos os meses do ano
Santa Catarina registra casos de gripe mesmo com a proximidade do verão
Saúde

Anvisa autoriza fabricação e venda de medicamentos à base de Cannabis

A decisão foi tomada por unanimidade pela diretoria colegiada da agência reguladora. O parecer apresentado em reunião ordinária pública nesta terça-feira (3), em Brasília, está disponível na internet.
Anvisa autoriza fabricação e venda de medicamentos à base de Cannabis
Saúde

Dezembro laranja marca campanha de prevenção ao câncer de pele

Em Jaraguá do Sul, 10 médicos dermatologistas participam voluntariamente da campanha no sábado (7).
Dezembro laranja marca campanha de prevenção ao câncer de pele
Saúde

Mais de 370 mil ainda precisam se imunizar contra o sarampo em SC

Apesar da campanha ter terminado, a Secretaria de Estado da Saúde Santa Catarina (SES) ressalta que as doses da vacina continuam disponíveis nas mais de mil salas de vacinação do estado.
Mais de 370 mil ainda precisam se imunizar contra o sarampo em SC
Ver mais de Saúde