Saúde

Cigarro eletrônico também prejudica a saúde, alerta especialista

Hoje, cerca de 9,3% da população brasileira declara ter o hábito de fumar

10 Out 2019 - 06h00Por Janici Demetrio
Cigarro eletrônico também prejudica a saúde, alerta especialista - Crédito: Unsplash Crédito: Unsplash

Nos últimos 12 anos, o número de fumantes brasileiros foi reduzido em 40%. Apesar do indicador positivo, a tendência do uso do cigarro eletrônico vem crescendo no Brasil.  

Hoje, cerca de 9,3% da população brasileira declara ter o hábito de fumar, segundo a Organização Mundial da Saúde. A diminuição vem acompanhada da era tecnológica e da informação, em que o cigarro também evoluiu e, recentemente, ganhou a versão eletrônica pensada para os fumantes que desejam largar o vício.  

Já faz algum tempo que fumar deixou de ser uma atitude descolada e se transformou em um problema de saúde pública por causa das inúmeras doenças relacionadas ao hábito do tabagismo. Porém, ao contrário do que muitos pensam, a nova modalidade não é inofensiva, alerta o médico Marcio Freitas. 

Os mesmos danos ocasionados pelo uso contínuo do cigarro comum são observados na versão eletrônica. Mas, dependendo da concentração de nicotina acrescentada ao líquido, as lesões podem ser ainda maiores. Dessa forma, quem tem a motivação de parar de fumar deve buscar ajuda de um especialista. Nos primeiros meses longe do vício, existem medicações que ajudam a tirar a ansiedade provocada pela falta de cigarro, evitando, assim, o uso do cigarro eletrônico com esse objetivo. 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Mais 50 respiradores produzidos pela Weg são distribuídos para hospitais catarinenses

Dez unidades foram entregues ainda nesta sexta ao Hospital São José, em Joinville, e outras 40 foram levadas para a Secretaria de Estado da Saúde
Mais 50 respiradores produzidos pela Weg são distribuídos para hospitais catarinenses
Saúde

Estado confirma 10.846 casos e 159 óbitos por Covid-19

A taxa de ocupação dos leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 59,4%.
Estado confirma 10.846 casos e 159 óbitos por Covid-19
Segurança

Ex-secretário da Casa Civil e advogado são presos na segunda fase da operação Oxigênio

Operação investiga a compra de 200 respiradores pulmonares pela Secretaria de Estado da Saúde ao custo de R$ 33 milhões pagos de forma antecipada
Ex-secretário da Casa Civil e advogado são presos na segunda fase da operação Oxigênio
Saúde

Maçaneta, corrimão e materiais de cobre matam covid em 4 horas

De acordo com o cientista, quando o coronavírus atinge o cobre, os íons metálicos – átomos carregados eletricamente – atacam a membrana lipídica do vírus
Maçaneta, corrimão e materiais de cobre matam covid em 4 horas
Ver mais de Saúde