Santa Catarina

Tribunal do impeachment indefere pedidos das defesas de Moisés e Daniela

07 Out 2020 - 17h07Por Da Redação
Tribunal do impeachment indefere pedidos das defesas de Moisés e Daniela - Crédito: Solon Soares/Agência AL Crédito: Solon Soares/Agência AL

O presidente do Tribunal Especial de Julgamento, desembargador Ricardo Roesler, indeferiu, na última segunda-feira (5), pedidos apresentados pelos advogados do governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e da vice Daniela Reinehr (sem partido), nos quais foi questionado o roteiro de julgamento do impeachment, aprovado na sessão de instalação do tribunal, no dia 25.

Marcos Probst e Ana Blasi, defensores de Moisés e Daniela, respectivamente, reivindicavam a apresentação de defesa preliminar ao tribunal formado para julgar governador e vice por crime de responsabilidade no reajuste salarial dos procuradores do Estado. Eles argumentaram que o procedimento foi adotado pelo tribunal misto que julgará o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

Além disso, conforme os advogados, a apresentação de defesa prévia está prevista na Constituição Federal e no Código de Processo Penal (CPP). A defesa de Daniela Reinehr, inclusive, solicitou a impugnação do roteiro de julgamento do tribunal catarinense.

No despacho, o desembargador Ricardo Roesler, defendeu o roteiro aprovado em Santa Catarina e afirmou que o mesmo se baseia no Regimento Interno da Assembleia Legislativa de Roraima, que regulamenta todo o processo de impeachment naquele estado, cuja constitucionalidade foi reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Roesler também destacou as recentes decisões do STF referendaram o rito regulamentado pelo parlamento estadual de Roraima, após questionamento do governador sobre as etapas do impeachment, feito em setembro, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), na ADPF 740.

O presidente do tribunal destacou, ainda, que a adoção da defesa prévia, conforme previsto no roteiro de julgamento estabelecido pelo Rio de Janeiro, conflita com o que preconiza o Regimento Interno da Assembleia de Roraima e, por consequência, com o entendimento adotado pelo Supremo.

O despacho com o indeferimento dos pedidos dos advogados de Moisés e Daniela foi publicado na edição do Diário Oficial da Assembleia da última segunda-feira.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Política

Governo do Estado vai destinar recursos para recuperação da rua Carlos Oechsler

A via foi a única opção dos motoristas para desviar do trecho interrompido na SC-108, entre Guaramirim e Massaranduba, devido à queda de uma barreira em 2019
Governo do Estado vai destinar recursos para recuperação da rua Carlos Oechsler
Saúde

Região de Jaraguá segue em risco gravíssimo para a covid-19

As regiões que estão classificadas com o maior risco são Alto Vale do Rio do Peixe, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí e a região Nordeste.
Região de Jaraguá segue em risco gravíssimo para a covid-19
Saúde

Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau

Marcelo Queiroga foi recebido pelo Diretor de Operações da instituição
Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau
Saúde

Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid

Assim que receber nova remessa de vacinas do Governo do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde retomará o Plano Nacional de Imunização Contra a Covid-19, seguindo as orientações do Ministério da Saúde
Jaraguá suspende aplicação da primeira dose de vacina contra a covid
Ver mais de Santa Catarina