Santa Catarina

Investimentos e obras da Celesc somam R$ 880 milhões e levam mais qualidade de vida para os catarinenses

Este ano, também serão investidos quase R$ 65 milhões na modernização e na ampliação do parque gerador da companhia e em novos negócios

24 Jun 2020 - 13h50Por Da Redação
Subestação Capoeiras, região continental de Florianópolis - Crédito: Divulgação / CelescSubestação Capoeiras, região continental de Florianópolis - Crédito: Divulgação / Celesc

Mesmo com o contingenciamento que a empresa precisou fazer diante da pandemia do novo coronavírus, a Celesc continuou investindo em obras e projetos para levar energia com mais qualidade aos catarinenses. Somente em 2019, a empresa investiu mais de R$ 360 milhões no sistema de distribuição de energia, que leva eletricidade a todas as regiões de Santa Catarina. Agora, em 2020, os valores aplicados são ainda maiores, somam mais de R$ 520 milhões em obras e melhorias. Numa série de matérias e entrevistas, a Celesc vai divulgar, por região, os investimentos em toda Santa Catarina.

Este ano, também serão investidos quase R$ 65 milhões na modernização e na ampliação do parque gerador da companhia e em novos negócios. A área comercial receberá cerca de R$ 63 milhões para ações de modernização. Já os valores aplicados nos programas de Eficiência Energética e Pesquisa & Desenvolvimento somam mais de R$ 110 milhões entre 2019 e 2020 em todo o Estado.

“O trabalho do governo continua em todos os setores do estado, mesmo diante do desafio que é enfrentar a Covid-19 em Santa Catarina. A Celesc tem levado melhorias substanciais para a população, modernizando e ampliando a rede elétrica”, destaca o governador Carlos Moisés.

O presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, observa que os investimentos realizados foram cuidadosamente estudados. “A aplicação dos recursos foi planejada de forma estratégica para atender o crescimento do mercado na área de concessão da Celesc, manter e melhorar os serviços e indicadores da Empresa”, diz.

Ele ainda ressalta a continuidade do Programa Celesc Rural - que substitui redes monofásicas com cabos nus por cabos protegidos e instala redes trifásicas com cabos compactos protegidos, que não desligam por toque de vegetação na rede. Além disso, faz a instalação de religadores, que energizam a rede automaticamente quando eventualmente o fornecimento de energia é interrompido de forma não programada.

O programa foi lançado em 2019 e irá beneficiar mais de 135 mil propriedades rurais em todo o estado, com investimentos de R$ 121,0 milhões em 18 meses. “O Celesc Rural traz benefício direto aos produtores rurais, responsáveis por cerca de 30% do PIB estadual. A execução das obras deve ocorrer até meados de 2021. Estamos trabalhando para o crescimento de Santa Catarina, melhorando as condições para manter homens e mulheres no campo, e aumentar cada vez mais a qualidade de vida dos catarinenses, alinhado ao trabalho do Governo do Estado”, enfatiza o presidente Cleicio.

Investimentos na Grande Florianópolis entre 2019 e 2020

Em relação aos investimentos de alta tensão na região, em 2019 a Celesc entregou as novas subestações Florianópolis Capoeiras e São José Real Parque; ampliou a Subestação Ilha Sul; e investiu nas novas linhas de distribuição em 138 kV, Biguaçu-Tijucas, Florianópolis Capoeiras – Seccionamento Palhoça-Trindade e São José Real Parque – Seccionamento Biguaçu-Florianópolis.

Este ano, a empresa trabalha na construção das novas subestações Palhoça Caminho Novo e Santo Amaro da Imperatriz; na ampliação das subestações Tijucas e Biguaçu Quintino Bocaiúva; em melhorias nas subestações Trindade e Ilha Sul e na construção das novas linhas de distribuição em 138kV, Tijucas – Porto Belo e Trindade-Ratones-Ilha Norte.

Os investimentos aplicados em 2019/2020 nas obras de média tensão na região do Núcleo Grande Florianópolis compreendem ampliações e melhorias no sistema, aquisição de novos alimentadores de rede e de equipamentos especiais (como religadores), e implantação do Programa Celesc Rural em 11,77Km, atendendo algumas áreas dos municípios de Águas Mornas, Alfredo Wagner, Angelina, Canelinha, Nova Trento, Palhoça, Rancho Queimado, São João Batista, São José, Santo Amaro da Imperatriz e Tijucas.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Geral

1° Festival Cultural do Vale do Itapocu está com inscrições abertas

Até o dia 20 de agosto, os candidatos podem se inscrever gratuitamente, no local designado por cada município participante do Festival: Barra Velha, Corupá, Guaramirim, Massaranduba, São João do Itaperiú e Schroeder
1° Festival Cultural do Vale do Itapocu está com inscrições abertas
Saúde

Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC

As regiões da Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí e Nordeste permaneceram classificadas com o nível máximo de atenção
Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC
Saúde

Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021

Atualmente, Santa Catarina é o quinto estado do Brasil com o maior percentual da população totalmente imunizada
Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021
Política

Luciano Hang não descarta candidatura ao Senado

O empresário já foi filiado ao MDB, mas hoje está sem partido.
Luciano Hang não descarta candidatura ao Senado
Ver mais de Santa Catarina