Delivery Much
Santa Catarina

Centros e UTIs dos hospitais públicos de SC podem parar por dívidas do Estado com fornecedores

O Ministério Público de Santa Catarina instaurou um Inquérito Civil para apurar a situação. Dívida chega a R$ 334 milhões e atualmente existem 220 credores

30 Abr 2019 - 11h15Por G1 SC
Centros e UTIs dos hospitais públicos de SC podem parar por dívidas do Estado com fornecedores -

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) instaurou um inquérito civil para apurar a ameaça de paralisação dos centros e UTIs dos Hospitais Públicos do Estado, em função da dívida de R$ 334 milhões com fornecedores, referente aos anos de 2017 e 2018. A portaria foi publicada na última quinta-feira (25) e a investigação tem um ano para ser concluída.

Dengue Prefeitura

Atualmente, são 220 credores e 31 fornecedores que já formalizaram que pretendem interromper a entrega de medicamentos e insumos hospitalares. Eles querem um cronograma de pagamento dos atrasados para regularizar o abastecimento.

Na reunião com o promotor no dia 12 de abril, o secretário da Saúde, Elton Zeferino, confirmou que está enfrentando problemas com as dívidas dos anos anteriores. Disse que vem insistindo na apresentação de um cronograma de pagamento dos atrasados e o orçamento da saúde está sendo usado para a manutenção dos serviços, sem sobras para saldar os restos a pagar.

No encontro com o MP, o próprio secretário informou que se as ameaças de interromper o fornecimento se cumprirem, em nove dias os centros cirúrgicos de todo o Estado vão parar as atividades e em 14 dias as UTIs terão os atendimentos comprometidos.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde reforçou o que disse ao Ministério Público, que reconhece as dificuldades e os débitos financeiros com credores e que atualmente são 222 empresas cujo o valor devido é de R$ 335 milhões. A Secretaria disse que, por enquanto, nenhum fornecedor interrompeu o fornecimento.

Fonte: G1 Portal de Notícias


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Chapecoense vence Ponte Preta e assume liderança da Série B

Time catarinense superou Macaca por 1 a 0 com gol no fim
Política

Plenário da Alesc revoga prisão e afastamento do deputado Julio Garcia

Deputados aprovaram projeto que revogou os efeitos das decisões da juíza federal Janaína Cassol Machado que determinavam a prisão preventiva domiciliar e o afastamento de Julio Garcia (PSD) tanto do cargo de presidente da Alesc quanto do mandato
Plenário da Alesc revoga prisão e afastamento do deputado Julio Garcia
Segurança

PRF apreende R$ 750 mil em cigarros contrabandeados em Jaraguá

Carga tinha como destino a cidade de Brusque
PRF apreende R$ 750 mil em cigarros contrabandeados em Jaraguá
Geral

Chuva não dá trégua e deixa Santa Catarina em estado de atenção

Na região, Defesas Civis Municipais seguem em alerta
Chuva não dá trégua e deixa Santa Catarina em estado de atenção
Ver mais de Santa Catarina