dengue
Política

Vice-presidente Hamilton Mourão se refere a Jaraguá como o Brasil que produz

01 Nov 2019 - 11h41Por Sérgio Luiz

Com o auditório lotado no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, na tarde nesta quinta-feira (31), por mais de uma hora o vice-presidente Hamilton Mourão falou para representantes de entidades, empresários e políticos. Foi a primeira visita dele à região. Antes do evento, Mourão visitou as instalações da empresa WEG, que o convidou para vir à região. E disse ter ficado impressionado com o que viu.  

Durante a palestra, fez uma restrospectiva de fatos importantes que levou a situação atual dos principais países e regiões do mundo. 

Mourão relacionou uma série de questões que considera problemáticas, e que precisa mudar. A Reforma da Previdência foi uma das conquistas segundo ele, para equilibrar o caixa e garantir a aposentadoria das futuras gerações. Outra meta é diminuir o tamanho do estado que tem 700 mil funcionários públicos, sendo metade deles no setor de educação.  

As privatizações também precisam avançar, segundo Mourão, ao menos 148 estatais podem ser vendidas, fechadas ou se tornarem de capital misto. As reformas tributária e fiscal também foam evidenciadas no encontro.   

Ele defende também a desvinculação do orçamento, com o Congresso podendo definir para quais áreas irão os recursos federais. 

Para resolver as questões de infraestrutura, o vice-presidente disse que é preciso atrair parceiros da inciativa privada, pois os governos não têm dinheiro para bancar o custo das obras. 

Para exemplificar a falta de segurança jurídica, que afasta os interessados em parcerias com os governos, Mourão citou o caso do Rio de Janeiro nesta semana, quando foram derrubadas praças de pedágio. 

O excesso de partidos políticos foi apontado como um dos problemas a serem resolvidos pelo congresso. 

Mourão defendeu ainda o fortalecimento da democracia e a convergência entre os grupos que chamou de tribalismo, por causa de uma insegurança que se instaurou no país, segundo ele. 

Hamilton Mourão evitou entrar em polêmica. E disse que leva a melhor impressão possível de Jaraguá do Sul. 

O presidente da Acijs, Anselmo Luiz Jorge Ramos, reforçou a necessidade de investimentos em infraestrutura, principalmente em estradas. Com destaque para a duplicação da BR-280, que não há prazo para conclusão das obras porque o repasse de recursos não é o suficiente.  

Ramos disse ainda que a satisfação foi mútua e a confiança também. 

Matérias Relacionadas

Política

Jaraguá recebe R$ 2 milhões em emenda do deputado Vicente Caropreso

Os recursos serão empregados na obra  do binário no bairro Czerniewicz, com a pavimentação da  continuidade da rua Treze de Maio
Jaraguá recebe R$ 2 milhões em emenda do deputado Vicente Caropreso
Política

TSE proíbe candidato de impulsionar link com o nome de adversário

Serviço é vendido por motores de busca como o Google
TSE proíbe candidato de impulsionar link com o nome de adversário
Política

Lunelli diz que se Justiça funcionasse estupro em Jaraguá poderia ter sido evitado 

Parlamentar também reforçou pedido para aumento do efetivo policial na região
Lunelli diz que se Justiça funcionasse estupro em Jaraguá poderia ter sido evitado 
Política

TRE-SC mantém deputado jaraguaense Fábio Schiochet no cargo

Deputado foi acusado por suposto abuso de poder econômico e político
TRE-SC mantém deputado jaraguaense Fábio Schiochet no cargo
Ver mais de Política