Imobiliária Coralli
Política

TJ-SC cassa decisão legislativa e restabelece mandato de Samir

14 Nov 2012 - 19h47

Por três votos a zero, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) cassou a decisão do Judiciário local que cassava o mandato do prefeito Samir Mattar (PMDB), e devolveu a Samir na tarde desta terça-feira, dia 13 de novembro o seu mandato, que será concluído em 31 de dezembro deste ano. Segundo o advogado de Samir, Marlon Charles Bertol, que acompanhou o julgamento do Tribunal de Justiça, o placar da sessão, coordenada pelo desembargador Cesar Abreu, não apenas recuperou a titularidade do cargo a Mattar, mas principalmente, "fez justiça a uma sessão de cassação que se constituiu numa verdadeira trapalhada". Marlon se refere à sessão de agosto de 2011, que afastou Samir da Prefeitura inclusive com votos do próprio partido do prefeito, o PMDB. Samir, que cumpriu horário na tarde de hoje (dia 13 de novembro) normalmente, revelou que estava confiante no entendimento positivo por parte do Tribunal. O prefeito, entretanto, atribuiu a orquestração da sua cassação a interesses de adversários e ao que chamou de "traição" do seu partido, o PMDB. Segundo Samir, pouco poderá ser feito nesses 45 dias que faltam para o encerramento de seu mandato. "A situação financeira é precária, com despesas altíssimas deixadas pelos interinos; vamos nos esforçar para custear o 13º salário dos servidores e manter serviços essenciais básicos", observou o prefeito.

   

Matérias Relacionadas

Política

Alesc recebe novo pedido de impeachment contra Moisés e Daniela

Alesc recebe novo pedido de impeachment contra Moisés e Daniela
Política

Tribunal de Justiça de Santa Catarina suspende processo de impeachment

Tribunal de Justiça de Santa Catarina suspende processo de impeachment
Política

Eleições municipais: votação deve ser estendida em pelo menos uma hora

TSE estuda recomendar horários de votação diferentes por faixa etária
Eleições municipais: votação deve ser estendida em pelo menos uma hora
Política

Bolsonaro manifesta solidariedade às vítimas de explosão no Líbano

Presidente disse estar profundamente triste com ocorrido
Bolsonaro manifesta solidariedade às vítimas de explosão no Líbano
Ver mais de Política