POLÍTICA

Temer está triste e aborrecido, diz Mariz

22 Mar 2019 - 18h38Por Fábio Grellet

O ex-presidente Michel Temer (MDB) está "triste e aborrecido" com a prisão, mas confiante de que vai conseguir liberdade no julgamento da próxima quarta-feira, 27, afirmou na tarde desta sexta-feira, 22, o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que deixou a sede da Polícia Federal no Rio às 16h15.

Oliveira foi advogado de Temer até dezembro passado, mas deixou a função por impedimento legal e ético, depois que pessoas anteriormente defendidas por Oliveira foram arroladas como testemunhas de acusação de Temer, como o doleiro Lucio Funaro, delator do ex-presidente. Desde então, a defesa de Temer foi assumida por Eduardo Carnelós, que está com Temer na sede da PF no Rio na tarde desta sexta-feira.

Segundo Mariz de Oliveira, a decisão do desembargador Ivan Athié de transferir para o colegiado o julgamento do habeas corpus não foi algo inesperado ou indicativo de que a prisão será mantida. "Não é algo inusitado, não surpreendeu nem aborreceu. Também não tirou a grande esperança de que ele vai ser libertado", afirmou o advogado.

"Achei que Temer está bem. Triste, aborrecido, mas com muita esperança na Justiça, e acha, como todos achamos, que o habeas corpus será deferido", avaliou Mariz de Oliveira. "Temer mandou lembranças à família, está com saudades da mulher, da filha, do filho", afirmou.

O advogado classificou a prisão como "absolutamente improcedente e desnecessária": "Não há um fato (diante do qual) se diga: é necessária a prisão do ex-presidente. A decisão se baseia em acusações a respeito das quais ele não foi ouvido, isso é algo absolutamente violento, inusitado. Em casa, antes de dar bronca, vocês perguntam ao filho: você fez isso? Aqui não", reclamou.

Mariz de Oliveira também refutou a acusação de que Temer seja líder de um grupo criminoso que atua há 40 anos, como afirmam os procuradores da República: "É uma afirmação ficcional, fruto de uma carga que se quer fazer contra ele desprovida de base fática e que denota essa falta de fatos reais. Você afirmar coisas jogadas ao léu, (dizer que alguém é) 'quadrilheiro', é porque não há fatos concretos", afirmou.

Apesar das críticas à prisão, o advogado afirma que Temer está sendo "muito bem tratado" na sede da Polícia Federal no Rio: "Os policiais estão dando a ele um tratamento digo, correto, de forma que não tem nenhuma queixa".

Ele gostaria de não ter sido preso, gostaria de sair hoje, mas a decisão para quarta-feira não é algo inusitado, algo que indique que ele não vai conseguir o habeas corpus.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

MDB começa roteiro para escolha de candidato ao governo de SC

Sigla passa nesta sexta-feira e sábado pelas regionais de Jaraguá do Sul, Mafra, Canoinhas, Joinville
MDB começa roteiro para escolha de candidato ao governo de SC
Política

Tragédia no Oeste provoca debate sobre segurança em CMEIs na Câmara de Jaraguá

Vereadores trataram do assunto na sessão de terça-feira (4)
Tragédia no Oeste provoca debate sobre segurança em CMEIs na Câmara de Jaraguá
Política

Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão

Durante o encontro, os associados da Acias fizeram alguns questionamentos e foram prontamente esclarecidos
Administração de Schroeder presta contas dos primeiros 100 dias de gestão
Política

Assinada ordem de serviço para obras de arte na BR-280, em Guaramirim

O ato ocorreu na manhã desta terça-feira (4) com a presença da governadora Daniela Reinehr
 Assinada ordem de serviço para obras de arte na BR-280, em Guaramirim
Ver mais de Política