Delivery Much
POLÍTICA

Senado inicia votação sobre MP da reforma administrativa

28 Mai 2019 - 22h03Por Daniel Weterman

O Senado começou a votação da reforma administrativa que reorganiza a estrutura do governo do presidente Jair Bolsonaro. Como o Broadcast Político antecipou, a liderança do governo desencadeou uma estratégia regimental para votar a reforma administrativa devolvendo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) ao Ministério da Economia, conforme a Câmara aprovou.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), pediu uma verificação nominal do texto-base da reforma administrativa que a Câmara votou, com o Coaf na Economia - abrindo painel para registro e exibição dos votos dos parlamentares. Para que o órgão continue com a pasta do ministro da Justiça, Sergio Moro, uma segunda votação precisa ser feita. Mas, de acordo com um item do regimento interno, é necessário um intervalo de uma hora entre um pedido de verificação nominal e outro. A manobra, acreditam senadores, arrastaria a sessão e inviabilizaria uma votação sobre o Coaf com Moro, deixando aprovado o texto da Câmara.

Reagindo à estratégia, o PSD orientou a bancada a rejeitar todo o texto da reforma administrativa aprovado pela Câmara.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores

As investigações terão prosseguimento com relação aos demais investigados.
MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores
Política

Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá

Parlamentar participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta quarta-feira (27)
Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá
Política

Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina

A data da posse ainda será definida.
Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina
Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Ver mais de Política