Unimed - Capa
Política

Secretários regionais pedem exoneração para concorrer as eleições de outubro

05 Abr 2012 - 17h35

Há três dias do prazo final de desincompatibilização para concorrer as eleições de outubro, 12 secretários regionais enviaram ofício para a Secretaria da Casa Civil pedindo exoneração de seus cargos. O governador Raimundo Colombo assinou a liberação na tarde desta quarta-feira para que pudessem lançar candidatura as eleições municipais. Agora, as portarias serão publicadas no Diário Oficial, respeitando a lei eleitoral. As secretarias regionais que tiveram mudanças foram as de Blumenau, Brusque, Campos Novos, Curitibanos, Dionísio Cerqueira, Ibirama, Itajaí, Palmitos, Quilombo, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Seara. Como o prazo para desvinculação vai até o dia 7 de abril, ainda podem surgir mais trocas de secretários regionais, assim como de diretores, gerentes ou de outros cargos comissionados. Em 1º de março, o governador Raimundo Colombo promoveu a reforma de oito pastas centrais, mas nem todas as mudanças foram realizadas pelo critério de pré-candidatura. Houve trocas nas Secretarias da Casa Civil, Comunicação, Educação, Assistência Social, Turismo, Cultura e Esporte, Articulação Nacional e no comando da Casa Militar, além do presidente da SCPar.

 

 

Matérias Relacionadas

Política

Sessão de julgamento de Moisés ocorre nesta sexta

A sessão começará a partir das 9 horas.
Sessão de julgamento de Moisés ocorre nesta sexta
Eleições 2020

Eleitores de Blumenau e Joinville voltam às urnas no domingo

Ao todo, são 403.526 eleitores em Joinville e 247.014 em Blumenau aptos a votar
Eleitores de Blumenau e Joinville voltam às urnas no domingo
Política

"Falta autoridade", taxou Caropreso diante do crescimento de infectados pelo coronavírus

A crítica é dirigida ao governo do Estado
"Falta autoridade", taxou Caropreso diante do crescimento de infectados pelo coronavírus
Política

Governadora interina de SC suspende aumento dos procuradores

O tema é o alvo da denúncia do processo de impeachment que afastou Carlos Moisés da Silva
Governadora interina de SC suspende aumento dos procuradores
Ver mais de Política