transito
Política

Relatório da Previdência deve ser apresentado e debatido em junho

A previsão é do presidente da comissão especial que analisa a reforma, deputado Marcelo Ramos (PR-AM)

01 Mai 2019 - 06h30Por João Paulo Machado / Agência do Rádio

O cronograma prévio para análise da reforma da Previdência foi definido nesta terça-feira (30) pelo presidente da comissão especial que analisa a proposta, deputado Marcelo Ramos (PR-AM).

A ideia, segundo o parlamentar, é que sejam realizadas 11 audiências públicas ao longo do mês de maio para que relatório seja apresentado e debatido já durante o mês de junho.

“O parecer do relator, nós estamos trabalhando com o prazo estabelecido pelo presidente (da Câmara) Rodrigo Maia. Se ele quer votar no Plenário em julho, nós vamos montar todo o cronograma para terminar os trabalhos em junho", explica Ramos. "Acontece que existem elementos nesse debate que independem de nós. Porque a elaboração do relatório na comissão tem que ser coordenada com a construção de maioria no Plenário. Não adianta votar na comissão sem ter a maioria no Plenário”, ressalta.

O cronograma apresentado por Ramos foi definido após reunião com relator da proposta, Samuel Moreira (PSDB-SP), e o vice-presidente da comissão, Silvio Costa Filho (PRB-PE), na manhã desta terça.

O objetivo agora é que a comissão se reúna três vezes por semana para que o debate seja feito de forma rápida e detalhada.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Política

Governo do Estado autoriza contratação do Plano Estadual de Logística de Transporte

O deputado estadual Antídio Lunelli, que também preside a Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da ALESC, esteve no evento, parabenizou o governo pela iniciativa e disse que a medida é essencial para desafogar
Governo do Estado autoriza contratação do Plano Estadual de Logística de Transporte
Política

STF extingue condenação por corrupção imposta a Dirceu na Lava Jato

De acordo com a decisão, o delito estava prescrito na data do recebimento da denúncia, o que invalida a condenação.
STF extingue condenação por corrupção imposta a Dirceu na Lava Jato
Política

Por unanimidade, TSE rejeita cassação de mandato de Sergio Moro

Para ministros, não há prova de uso irregular de recurso partidário
Por unanimidade, TSE rejeita cassação de mandato de Sergio Moro
Política

Prefeito e vice de São João do Itaperiú são denunciados pelo Ministério Público

Ambos foram presos na 5ª fase da Operação Mensageiro
Prefeito e vice de São João do Itaperiú são denunciados pelo Ministério Público
Ver mais de Política