105 Ouça
Caraguá
Jaraguá do Sul

Reforma da Previdência dos servidores municipais pode ser votada ainda neste ano em Jaraguá

Sindicato convocou os servidores a se mobilizarem contra os projetos

24 Nov 2020 - 09h44Por Janici Demetrio
Reforma da Previdência dos servidores municipais pode ser votada ainda neste ano em Jaraguá  - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaraguá do Sul promoveu na noite de segunda-feira (23) Assembleia online, com a categoria, para discutir o Projeto de Lei Complementar nº 19/2020 e à Proposta de Emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM) nº 03/2020, que tratam da Reforma da Previdência do Instituto de Seguridade dos Servidores Municipais (ISSEM) que tramitam na Câmara de Vereadores. O sindicato convocou os servidores a se mobilizarem contra os projetos. Na avaliação do presidente do Sinsep, Luiz Cesar Schorner, este não seria o momento para tratar do assunto. Ele sugere deixar para a próximo ano e ampliar a discussão junto a categoria. 

Rádio Jaraguá · JORNALISMO - 24 - 11 - LUIZ CESAR SCHORNER 1

Conforme o projeto encaminhado pelo Executivo à Câmara de Vereadores, a medida busca promover adequações na legislação adequando-a às novas regras para aposentadoria e pensão por morte dos trabalhadores da iniciativa privada e dos servidores federais. A reforma promulgada pelo Congresso Nacional, em novembro do ano passado, não incluiu, automaticamente, Estados e Municípios em todas as regras, entretanto, trouxe, sim, a obrigatoriedade legal desses entes de implementar planos de custeio e benefícios que sejam sustentáveis, ou seja, isso significa que uma lei própria de cada ente precisará instituir contribuições e novas regras de acesso à aposentadoria e de concessão de pensão por morte para equilibrar o regime previdenciário. 

Com a aprovação dos Projetos, a Prefeitura busca definir regras de aposentadoria e pensão por morte, idade mínima, regras de concessão e cálculo dos benefícios para servidores. Entre as novas regras que devem ser adotadas pelo Issem estão as novas idades mínimas para aposentadorias, de 62 anos para as mulheres e de 65 anos para os homens, observada a redução de idade mínima para os ocupantes de cargo de professor, bem como o tempo de contribuição e os demais requisitos. Prevê-se, ainda, que somente aqueles servidores que entraram no serviço até 2003 e cumprirem uma das regras de transição poderão se aposentar com integralidade e paridade. Os demais, assim como trabalhadores da iniciativa privada, terão cálculo do benefício na média de 100% dos vencimentos e não nos 80% maiores como hoje. Além disso, para os servidores que ingressarem após a promulgação da reforma no Município, o cálculo do benefício será de 60% da média, acrescido de 2% para cada ano trabalhado e contribuído, após 20 anos de contribuição. 

A administração municipal argumenta ainda, que o cumprimento das regras é exigência para que o Município tenha o Certificado de Regularidade Previdenciária, documento este necessário para receber transferências voluntárias da União e fazer financiamentos com bancos públicos federais. Atualmente, Jaraguá do Sul possui 3,3 mil servidores municipais na ativa e mil aposentados. A média da aposentadoria paga pelo Issem é de R$ 4,2 mil, mas há casos de servidores inativos que recebem mais de R$ 20 mil. Os cálculos apontam um déficit relativo projetado até 2093 - se nada for feito - de R$ 886 milhões na Previdência Municipal. Outra projeção indica que, neste ano de 2020, 161 servidores entrem para o regime previdenciário. 

As matérias foram apresentadas na Câmara no dia 17 de novembro.

GNet

Matérias Relacionadas

Política

(Vídeo) Deputado catarinense se revolta com ICMS dos combustíveis

Deputado Ivan Naatz faz críticas a arrecadação recorde do Governo do Estado
(Vídeo) Deputado catarinense se revolta com ICMS dos combustíveis
Política

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis

O Congresso Nacional retorna do recesso no dia 2 de fevereiro.
Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis
Política

Ex-vereador, Silvio Finardi, está sendo velado na Câmara de Guaramirim

Silvio estava lutando contra um câncer e faleceu neste domingo (09), aos 64 anos
Ex-vereador, Silvio Finardi, está sendo velado na Câmara de Guaramirim
Política

Morre ex-vereador de Guaramirim, Silvio Finardi

Detalhes sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgados
Morre ex-vereador de Guaramirim, Silvio Finardi
Ver mais de Política