Delivery Much
POLÍTICA

PT não quer punir partido na lei da integridade

21 Abr 2019 - 09h22Por Daniel Weterman

Após movimento para atrasar a votação de um projeto de lei que exige regras de compliance de partidos políticos, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-CE), quer retirar da proposta a previsão de punição a legendas que descumprirem programas internos de integridade. O parlamentar argumenta que a legislação não pode invadir a autonomia das siglas.

O projeto tramita na Casa e propõe uma série de normas para aumentar a transparência e evitar atos de corrupção nas legendas. No dia 9, o petista apresentou uma emenda que desidrata a proposta original e estabelece apenas a exigência de procedimentos de integridade nas legendas, mas sem detalhamento ou previsão de sanção.

"É um projeto que não avança na fiscalização e abre espaço para interferência de órgãos da Justiça Eleitoral nos partidos", disse o senador. O PT, partido de Humberto Costa, é constantemente alvo de críticas por não punir dirigentes envolvidos em escândalos de corrupção como o Mensalão e a Lava Jato. Nas últimas eleições, o partido foi cobrado por aliados a elaborar uma "autocrítica" da legenda.

Para o parlamentar, mesmo com problemas internos, os partidos devem ter autonomia para delimitar seu funcionamento. "Quem vai julgar se o programa de integridade que o partido propôs foi cumprido ou não? Estimular delação interna é de um grau de subjetividade e, ao mesmo tempo, uma intromissão muito grande na vida partidária", declarou Costa.

Como o Estado mostrou no último dia 4, um bloco de senadores do PT, PSD, PROS e Podemos articulou para que o texto fosse apreciado pelo plenário do Senado antes de seguir para a Câmara. Com a emenda de Costa, o texto voltou à Comissão de Constituição e Justiça para nova análise. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores

As investigações terão prosseguimento com relação aos demais investigados.
MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores
Política

Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá

Parlamentar participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta quarta-feira (27)
Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá
Política

Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina

A data da posse ainda será definida.
Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina
Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Ver mais de Política