POLÍTICA

Procuradora recorre contra semiaberto para Luiz Estevão

19 Mar 2019 - 08h47

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recorreu da progressão de regime ao ex-senador Luiz Estevão para o regime semiaberto. Estevão foi condenado a 31 anos de prisão e ao pagamento de multa no valor de R$ 8 milhões por fraudes e desvios nas obras do Fórum Trabalhista de São Paulo. A Procuradoria argumentou que ele não pagou a multa e que o dano ao erário, de R$ 169 milhões, não foi ressarcido. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do ex-senador. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Governo do Estado realiza reuniões para tratar novo auxílio emergencial

O objetivo foi debater como o auxílio será pago, além de outros trâmites administrativos.
Governo do Estado realiza reuniões para tratar novo auxílio emergencial
Política

Governador vai à Alesc pedir fim do veto em projeto que destina recursos para rodovias federais

Durante reunião com os deputados, o chefe do Executivo elencou os motivos para barrar o veto realizado durante o governo interino.
Governador vai à Alesc pedir fim do veto em projeto que destina recursos para rodovias federais
Economia

Eventos digitais marcam Semana da Indústria 2021

Nos dias 26 e 27 de maio, às 10 horas, a FIESC realiza eventos digitais, com transmissão pelo canal da entidade no YouTube. Os encontros marcam as comemorações da Semana da Indústria
Saúde

Prefeito Lunelli recebe primeira dose de vacina contra a covid

Lunelli recebeu o imunizante AstraZeneca, que está disponível para pessoas portadoras de comorbidades, com idades entre 55 a 59 anos
Prefeito Lunelli recebe primeira dose de vacina contra a covid
Ver mais de Política