Imobiliária Coralli
Política

Presidente da Câmara de Guaramirim responde a declarações de vereador

22 Mai 2012 - 17h39

O vereador Diogo Junckes (PR) diz que está sendo boicotado pelo presidente da Câmara Osni Fortunatto porque foi o único parlamentar a votar contra o reajuste de 30% a vereadores, secretários, prefeito e vice. E por isso, acredita, tem projeto seu parado há mais de 60 dias esperando para ser votado.

{Player#1}

O texto citado por Diogo é o que trata de educação ambiental nas escolas. Segundo ele, seria um complemento até do projeto aprovado ontem que cria a Fundação Municipal de Meio Ambiente. 

{Player#2}

Antes de dar início à ordem do dia, na sessão plenária desta segunda-feira (21), o presidente do Legislativo de Guaramirim, Osni Fortunato, criticou as declarações do vereador. Fortunato destacou a falta de comprometimento do vereador do PR com o processo legislativo, uma vez que é relator da comissão de economia, finanças e fiscalização e não assina os pareceres, sem falar que falta seguidamente às sessões.

{Player#3}

Matérias Relacionadas

Política

Definido Tribunal Misto do impeachment de Moisés e Daniela

A reunião de instalação do tribunal misto está marcada para a próxima sexta-feira (25), às 10 horas, no Plenário Deputado Osni Régis, na Assembleia Legislativa.
Definido Tribunal Misto do impeachment de Moisés e Daniela
Política

TRE-SC inicia distribuição das urnas eletrônicas para as Eleições 2020

TRE-SC inicia distribuição das urnas eletrônicas para as Eleições 2020
Política

Confira os deputados que formarão comissão do segundo impeachment

Confira os deputados que formarão comissão do segundo impeachment
Política

Alerj vota impeachment de governador afastado do Rio, Wilson Witzel

Witzel é processado por crime de responsabilidade
Alerj vota impeachment de governador afastado do Rio, Wilson Witzel
Ver mais de Política