Unimed - Capa
Política

Prefeito Luiz Carlos Tamanini rebate denuncia de uso de poder econômico e político

29 Out 2012 - 18h14

A Justiça Eleitoral está investigando duas ações envolvendo o prefeito reeleito de Corupá, Luiz Carlos Tamanini e as Coligações PMDB-PSB e Viva mais Corupá. Nos processos movidos pela coligação Agora é a Vez do Povo, que tinha como candidatos à prefeitura, João Carlos Gottardi(PT) e seu vice Everaldo Mokwa(PP). Tamanini é denunciado por abuso da máquina administrativa aos gozar 45 dias de férias durante a campanha eleitoral, além de adotar conduta vedada ao desfilar no dia 7 de julho em carro aberto, durante a abertura do Bananalama. Hoje, o prefeito se manifestou sobre o assunto.

[jwplayer mediaid="68628"]

No caso de condenação, o prefeito pode ficar inelegível por três anos ou receber multa no valor de mil a cinquenta mil UFIRs ou ainda ter o registro ou diploma cassado.

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280

Recurso administrativo requer alteração de projeto
Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280
Geral

Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280 

Recurso administrativo requer alteração de projeto
Caropreso cobra agilidade na licitação das obras especiais da BR 280 
Política

ACIJS vê resultado como evolução da maturidade política do município

ACIJS vê resultado como evolução da maturidade política do município
Política

Bolsonaro preside hoje 39ª Reunião do Conselho de Governo

Presidente participará da cerimônia pelo Dia da Bandeira
Bolsonaro preside hoje 39ª Reunião do Conselho de Governo
Ver mais de Política