domingo, 21 de julho de 2019 - 20h07
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Dólar

Prefeito de Jaraguá do Sul desiste de empréstimo internacional de US$ 50 mi

O dinheiro seria utilizado na requalificação urbana e do sistema viário e transporte coletivo, além de obras de saneamento, entre outros investimentos

14 Mai 2019 - 17h13Por Sérgio Luiz
Prefeito de Jaraguá do Sul desiste de empréstimo internacional de US$ 50 mi - Crédito: Francisco Junckes/PMJS Crédito: Francisco Junckes/PMJS

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli (MDB), desistiu de fazer um empréstimo internacional de US$ 50 milhões (cerca de R$ 200 milhões), com a contrapartida de US$ 12,5 milhões (R$ 50 milhões). A transação seria através de financiamento junto ao Bando de Desenvolvimento da América Latina.

A Corporação Andina de Fomento (CAF), é formada por 19 países - 17 da América Latina e o Caribe, Espanha e Portugal e por 14 bancos privados da região. O município já havia vencido todas as etapas da negociação cujo fiador é o Governo Federal, pois é preciso comprovar a capacidade de endividamento e de pagamento do empréstimo.

Uma das principais vantagens desta modalidade de financiamento é a taxa de juros que varia entre 1,3% e 1,95% ao ano, enquanto no Brasil varia de 7% a 9% ao ano. O prazo para quitar o empréstimo é de 16 anos. O dinheiro seria utilizado na requalificação urbana e do sistema viário e transporte coletivo, além de obras de saneamento, entre outros investimentos. Lunelli diz que a incerteza sobre quem assumirá a prefeitura na próxima gestão é a principal justificativa para ter desistido do empréstimo internacional.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!