Joaçaba Pneus
POLÍTICA

Planalto diz que Bolsonaro não pretendia criticar carnaval ao compartilhar vídeo

06 Mar 2019 - 21h40Por Julia Lindner

O Palácio do Planalto negou que o presidente Jair Bolsonaro teve intenção de "criticar o carnaval de forma genérica" ao compartilhar um vídeo obsceno e associá-lo aos blocos de carnaval. Em nota, o Planalto afirma que Bolsonaro quis "caracterizar uma distorção clara do espírito momesco, que simboliza a descontração, a ironia, a crítica saudável e a criatividade da nossa maior e mais democrática festa popular".

No texto, a assessoria do Planalto diz que o vídeo postado na rede social do presidente possui cenas que escandalizaram não só Bolsonaro, mas grande parte da sociedade. "É um crime, tipificado na legislação brasileira, que violenta familiares e as tradições culturais do carnaval", diz outro item da nota sobre o vídeo.

Na publicação, divulgada na terça-feira, Bolsonaro afirmou que "é isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro". E recomendou que seus seguidores comentassem e tirassem suas conclusões.

Hoje, o presidente fez nova publicação na qual questionou "o que é Golden shower?", que significa a prática de envolver urina na relação sexual. A nota foi divulgada após forte reação negativa, inclusive da imprensa internacional.

Mourão evita comentar vídeo: "Não sou ventríloquo do presidente"

Fugindo da postura usual, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, evitou comentar a polêmica em torno do vídeo compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro. "Sem comentários", reagiu Mourão sobre o assunto em três momentos. Ele afirmou, ainda, que não é "ventríloquo" do presidente. "Não vou comentar o que eu não sei. Não sou ventríloquo do presidente", reagiu.

Diante da insistência de jornalistas, Mourão minimizou o impacto negativo das publicações feitas por Bolsonaro. E negou que o caso possa respingar na tramitação de propostas relevantes no Congresso, como a reforma da Previdência. "Isso morre amanhã. Está morto amanhã. Tudo passa", disse Mourão.

Questionado sobre o impacto da série de polêmicas no início do governo e se não poderia aconselhar o presidente sobre o assunto, ele disse que não cabe o aconselhamento neste momento. Ele destacou que os dois possuem idades semelhantes e que são contemporâneos da academia militar.

Matérias Relacionadas

Geral

Organizadores divulgam Festival de Cinema na Câmara 

O Festival conta com mostras competitivas de várias categorias como curta metragem, longa metragem, tanto em documentário quanto ficcional ou animação.
Política

Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro

Expectativa é de que o presidente se filie ao Patriota
Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro
Política

Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá

Durante a execução dos trabalhos, que durarão aproximadamente 30 dias, o trânsito estará interrompido nos dois sentidos, entre as 8h e às 17h.  
Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá
Política

Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião

O objetivo do encontro foi o de aproximar as parlamentares da região em busca de formar um colegiado de vereadoras da Associação de Câmaras de Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) para trocar experiências
Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião
Ver mais de Política