dengue
Campanha

Moraes: comunicado pró-Lula de comitê da ONU não tem efetividade jurídica alguma

21 Ago 2018 - 19h51
Na última sexta-feira, 17, o comitê emitiu um comunicado "solicitando ao Brasil que tome todas as medidas necessárias para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa desfrutar e exercer seus direitos políticos, enquanto esteja na prisão, como candidato para as eleições presidenciais".

No comunicado, o órgão solicita que esse direito "inclua o acesso apropriado à imprensa e membros de seu partido político"

"Primeiro, não é uma manifestação da ONU, é um 'subcomitê do comitê'. Segundo, não tem nenhuma vinculação. Terceiro: é como uma manifestação do IBCCrim Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, não tem efetividade jurídica alguma", avaliou Alexandre de Moraes nesta terça-feira, ao chegar para a sessão da Primeira Turma.

Ao destacar que o comitê solicita a adoção de "todas as medidas necessárias", Moraes comentou: "Todas as providências sempre foram tomadas, aplicando a legislação. E o TSE Tribunal Superior Eleitoral, que vai analisar o pedido de registro de Lula, vai aplicar a legislação. Como diria minha vó: cada macaco no seu galho."

Ofensiva

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, a defesa de Lula na arena eleitoral pretende usar o comunicado a favor do ex-presidente no pedido de registro que tramita no TSE - personalidades do meio jurídico internacional, aliás, estão sendo procuradas por auxiliares do petista.

Conforme informou o Broadcast na última sexta-feira, ministros do STF e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acreditam que Lula tem chances mínimas de conseguir uma liminar para suspender a inelegibilidade e garantir a candidatura à Presidência da República.

Eles também afirmam que o comunicado do Comitê de Direitos Humanos da ONU solicitando ao Brasil que Lula possa ser candidato não irá interferir na situação jurídica do petista.

Matérias Relacionadas

Política

Governador lidera comitiva em busca de novas parcerias com Portugal

A viagem está marcada entre os dias 8 e 14 de julho. O objetivo é fortalecer as relações entre o estado e o país europeu, explorando oportunidades de cooperação nas áreas de tecnologia, turismo e comércio
Governador lidera comitiva em busca de novas parcerias com Portugal
Política

Jaraguá do Sul tem 126 mil pessoas aptas a votar nas próximas eleições

Na região do Vale do Itapocu, o número de eleitores chega perto dos 140 mil
Jaraguá do Sul tem 126 mil pessoas aptas a votar nas próximas eleições
Política

Caropreso pede ao Governo do Estado prioridade para pavimentação da Rota Enxaimel

Rodovia liga os municípios de Pomerode e Jaraguá do Sul e abriga um dos principais roteiros turísticos de SC
Caropreso pede ao Governo do Estado prioridade para pavimentação da Rota Enxaimel
Política

Partido Novo apresenta pré-candidatos a Prefeitura de Guaramirim

Para a Câmara de Vereadores, o Novo de Guaramirim conta com uma relação de pré-candidatos, que estão em processo seletivo e preparação para concorrer às vagas em outubro
Partido Novo apresenta pré-candidatos a Prefeitura de Guaramirim
Ver mais de Política