Delivery Much
POLÍTICA

Maia deve sancionar projeto que prevê anistia de R$ 70 milhões a partidos

16 Mai 2019 - 20h05Por Naira Trindade

O presidente em exercício, Rodrigo Maia, deve sancionar o projeto de lei que anistia multas aplicadas a partidos políticos aprovado pelo Congresso em abril. O texto - previsto para ser publicado até amanhã no Diário Oficial da União - pode sofrer alguns vetos. Esta deve ser a primeira vez desde 1995 que um presidente autoriza a anistia a multas das siglas, como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo na edição de domingo.

A estimativa é de que anistia pode chegar a R$ 70 milhões, valor dos débitos dos diretórios municipais de quase todas as legendas com o Fisco.

Presidente da Câmara, Maia assumiu a Presidência da República por algumas horas nesta quinta-feira, 16. O presidente Jair Bolsonaro está nos Estados Unidos e o retorno está previsto para 21 horas. Já o vice, Hamilton Mourão, viajou hoje à tarde com destino à China.

A principal medida do texto aprovado, relatado pelo deputado Paulinho da Força (SD-SP), é a anistia para os partidos que não tenham aplicado o mínimo de 5% das verbas do Fundo Partidário para promover participação política das mulheres entre 2010 e 2018, mas que tenham direcionado o dinheiro para candidaturas femininas.

O projeto de lei prevê ainda outras mudanças que, apesar de não envolverem diretamente dinheiro público, abrandam exigências aos partidos. Uma delas, segundo analistas, reduz a democracia interna nas siglas ao permitir que comissões provisórias funcionem por até oito anos.

Mesmo que Maia vete algum trecho do projeto aprovado, deputados e senadores podem derrubar e voltar ao texto original. Em 2000, o Congresso derrubou o veto do então presidente Fernando Henrique Cardoso e levou adiante uma anistia que custou aos cofres públicos, em valores corrigidos, aproximadamente R$ 80 milhões. /COLABORARAM PAULO BERALDO e CAIO SARTORI

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Jonathan Reinke fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá

Parlamentar participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta terça-feira (26)
Jonathan Reinke fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá
Política

Maria Rosana assume vaga na Câmara de Guaramirim

Ela assume o cargo de Adilso Comin, que se licenciou para atuar na Secretaria de Agricultura do município.
Maria Rosana assume vaga na Câmara de Guaramirim
Política

Laírton Müller é escolhido como líder do Governo na Câmara de Corupá 

Definição do prefeito Luiz Carlos Tamanini foi anunciada nesta segunda-feira (25)
Laírton Müller é escolhido como líder do Governo na Câmara de Corupá 
Política

Vicente Caropreso pede novos leitos de UTI Covid para Jaraguá do Sul

Em reunião com secretário da Saúde, deputado também articula para que governo dobre repasse de recursos ao Hospital São José e que unidade possa ser referência em cardiologia pelo SUS
Vicente Caropreso pede novos leitos de UTI Covid para Jaraguá do Sul
Ver mais de Política