POLÍTICA

Liminar barra gratificação para auditores

25 Abr 2019 - 08h46

A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve liminar para suspender pagamento em benefício de auditores fiscais da Receita Federal que, segundo a AGU, "poderia causar impacto de mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos". O pagamento dos valores foi requerido em ação do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco). A entidade alegava que os servidores teriam direito à incorporação da Gratificação de Atividade Tributária (GAT), concedida entre os anos de 2004 e 2008, ao vencimento básico dos servidores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Governo repassa R$ 5 milhões para obras da UPA 24 Horas de Barra Velha

Recurso é indicação da bancada parlamentar do Norte Catarinense
Governo repassa R$ 5 milhões para obras da UPA 24 Horas de Barra Velha
Política

Guaramirim deve receber urnas eletrônicas ainda nesta semana

Justiça Eleitoral estima que até o começo de agosto todas as 17 mil urnas das eleições 2024 já estejam armazenadas nos municípios
Guaramirim deve receber urnas eletrônicas ainda nesta semana
Política

Carlos Bolsonaro pode concorrer ao Senado por Santa Catarina em 2026

A possível candidatura de Carlos faz parte de um plano mais amplo para eleger membros da família Bolsonaro ao Senado, incluindo Michelle, que poderia concorrer pelo Distrito Federal
Carlos Bolsonaro pode concorrer ao Senado por Santa Catarina em 2026
Política

Deputado Rodrigo Minotto assume a Presidência da Assembleia Legislativa de SC

O 1º vice-presidente, deputado Mauricio Eskudlark (PL), que assumiu a Presidência no domingo (7), em virtude da licença do presidente Mauro de Nadal (MDB) para chefiar o governo do Estado, transmitiu o cargo para Minotto para passar por exames
Deputado Rodrigo Minotto assume a Presidência da Assembleia Legislativa de SC
Ver mais de Política