Joaçaba Pneus
POLÍTICA

Governadores se reúnem em MG e declaram apoio à reforma da Previdência

16 Mar 2019 - 20h00Por Altamiro Silva Junior

Governadores dos Estados das regiões Sul e Sudeste se reuniram na tarde deste sábado em Belo Horizonte e declararam apoio a reforma da previdência de Jair Bolsonaro. "Todos os Estados, incluindo o Espírito Santo, com algumas ressalvas do governador do Estado, Renato Casagrande, todos os demais apoiando a reforma da Previdência no País, compreendendo a sua importância estratégica na dimensão econômica e social para mudar o Brasil", afirmou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em vídeo postado após o encontro. Além do apoio à reforma, os governadores anunciaram a criação do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud).

Sobre as ressalvas do governador do Espírito Santos à reforma da Previdência mencionadas por Doria, Renato Casagrande (PSB) declarou após a reunião ser favorável à reforma, mas afirmou que tem pontos das medidas que alteram o sistema previdenciário brasileiro que gostaria de discutir mais, como as mudanças na aposentadoria rural, nos benefícios de prestação continuada (chamados de LOAS/BPC) e na criação do regime de capitalização.

Já o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), declarou que os governadores reunidos hoje na capital mineira "apoiam incondicionalmente o presidente Bolsonaro nessa missão de reformar a previdência". A reunião com os governadores durou uma hora e, segundo postagens dos representantes de cada Estado nas redes sociais, foi discutido, além da reforma da Previdência, temas como a lei anticorrupção, segurança nas fronteiras interestaduais e desburocratização. O único governador que não compareceu foi o do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), por conta de uma incompatibilidade de agenda.

Consórcio

"Os governadores se reuniram para formar o Cosud, uma iniciativa extremamente importante que a gente possa compartilhar ideias e recursos e criar um fundo de investimento próprio para a infraestrutura", afirmou o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), em vídeo postado depois do encontro. "Tenho certeza que o Brasil vai avançar muito e atrair investimentos estrangeiros, para gerar emprego, renda e tornar nosso país mais competitivo", completou.

Também ao falar sobre o Cosud, o governador de São Paulo afirmou que o consórcio terá programa de atuação em dez setores: segurança pública, combate ao contrabando, saúde, sistema prisional, desburocratização, turismo, desenvolvimento econômico, educação, inovação e tecnologia, logística e transporte.

Matérias Relacionadas

Geral

Organizadores divulgam Festival de Cinema na Câmara 

O Festival conta com mostras competitivas de várias categorias como curta metragem, longa metragem, tanto em documentário quanto ficcional ou animação.
Política

Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro

Expectativa é de que o presidente se filie ao Patriota
Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro
Política

Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá

Durante a execução dos trabalhos, que durarão aproximadamente 30 dias, o trânsito estará interrompido nos dois sentidos, entre as 8h e às 17h.  
Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá
Política

Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião

O objetivo do encontro foi o de aproximar as parlamentares da região em busca de formar um colegiado de vereadoras da Associação de Câmaras de Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) para trocar experiências
Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião
Ver mais de Política