Joaçaba Pneus
POLÍTICA

Cerca de 1% da magistratura terá auxílio-moradia, aponta levantamento preliminar

18 Dez 2018 - 14h41Por Amanda Pupo

Levantamento preliminar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aponta que, com as novas regras do pagamento do auxílio-moradia para juízes, cerca de 1% da magistratura terá direito a receber o benefício, entre os membros da ativa, o que corresponde a cerca de 180 juízes.

Segundo a nova resolução aprovada hoje pelo CNJ, o valor do auxílio-moradia só será repassado a magistrados que forem atuar fora da comarca de origem, que não tenham casa própria no novo local, nem residência oficial à disposição. O pagamento se dará exclusivamente para ressarcimento de despesas, mediante comprovante de gastos. Como os conselheiros já tinham recebido anteriormente a minuta votada, a deliberação foi rápida, demorando menos de um minuto.

A resolução entra em vigor em 1º de janeiro de 2019. Dados da Consultoria de Orçamento, Fiscalização e Controle do Senado apontaram que o Judiciário custeou em 2017 cerca de R$ 291 milhões em auxílio-moradia e o Ministério Público, R$ 108 milhões.

O novo texto define que a resolução produzirá efeitos até a edição de resolução conjunta com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), "que harmonize as disposições legais vigentes sob o princípio constitucional da simetria".

Em relação a minuta inicialmente editada, foi retirado o artigo que previa a "natureza temporária" do benefício. O trecho, no entanto, não estipulava por quanto tempo o auxílio seria pago.

Matérias Relacionadas

Geral

Organizadores divulgam Festival de Cinema na Câmara 

O Festival conta com mostras competitivas de várias categorias como curta metragem, longa metragem, tanto em documentário quanto ficcional ou animação.
Política

Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro

Expectativa é de que o presidente se filie ao Patriota
Ida para novo partido está "bastante avançada", diz Bolsonaro
Política

Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá

Durante a execução dos trabalhos, que durarão aproximadamente 30 dias, o trânsito estará interrompido nos dois sentidos, entre as 8h e às 17h.  
Começam as obras de recuperação dos acessos a "ponte baixa", em Corupá
Política

Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião

O objetivo do encontro foi o de aproximar as parlamentares da região em busca de formar um colegiado de vereadoras da Associação de Câmaras de Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) para trocar experiências
Por pautas em conjunto, vereadoras do Vale do Itapocu fazem reunião
Ver mais de Política