Campanha Multivacinação
Valeio Gorges
Política

Cancelada folga de Bolsonaro em São Francisco do Sul

A vinda de Bolsonaro a Santa Catarina permanece confirmada. Ele deve participar da formatura dos agentes da PRF na sexta-feira (6) de manhã e logo em seguida voltará a Brasília.  

29 Out 2020 - 18h08Por Janici Demetrio

Informações divulgada pelo site de notícias NSC, na tarde desta quinta-feira (29) dão conta que o presidente Jair Bolsonaro desistiu de passar um fim de semana em São Francisco do Sul. Ele se hospedaria a lazer no Forte Marechal Luz, base militar, após a formatura dos novos agentes da Polícia Rodoviária Federal, no dia 6 de novembro, sexta-feira da próxima semana.

Valério Gorges, 40 anos de Rádio Jaraguá

Conforme a colunista Dagmara Spautz,  o secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior, que havia confirmado à coluna a intenção de Bolsonaro de estender a permanência em Santa Catarina, foi quem informou, nesta quinta-feira, sobre a desistência do presidente. Segundo Seif, houve uma mudança de planos. Bolsonaro ficaria em São Francisco do Sul para pescar, por sugestão do secretário.

Porém, a vinda de Bolsonaro a Santa Catarina permanece confirmada. Ele deve participar da formatura na sexta-feira de manhã e logo em seguida voltará a Brasília.  
 

Valeio Gorges

Matérias Relacionadas

Geral

Paróquia Luterana da Barra recebe homenagem pelos 100 anos de história

Paróquia Luterana da Barra recebe homenagem pelos 100 anos de história
Política

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

Propaganda no rádio e TV no 1º turno começa dia 26 de agosto
TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral
Política

Paulo Bornhausen lança livro sobre modelo de trabalho de 30 anos de vida pública

Ex-deputado federal compilou no livro uma série de artigos que publicou
 Paulo Bornhausen lança livro sobre modelo de trabalho de 30 anos de vida pública
Política

Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário

Salário de ministro passa de R$ 39,6 mil para R$ 46,3 mil
Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário
Ver mais de Política