#ficaemcasa
Política

Câmara faz sessão extraordinária e aprova projetos apresentados pelo executivo

18 Jan 2013 - 17h28

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul realiza sessão extraordinária nesta sexta feira, às 9h. Na pauta três projetos de lei do poder executivo: Um que autoriza a prefeitura, através do Fundo Municipal de Turismo, a conceder contribuição, mediante a celebração de convênio ao Instituto Festival de Música de Santa Catarina. Outro autoriza a Fundação Cultural de Jaraguá do Sul a conceder contribuição, mediante convênio, ao Movimento da Consciência Negra do Vale do Itapocu (Moconevi) e o último, autoriza abertura e reforço de crédito no orçamento vigente, aprovado pela Lei Municipal, de 6 de dezembro de 2012.


A convocação foi feita pelo prefeito Dieter Janssen. O repórter Sérgio Luiz acompanhou a sessão e conversou com o presidente da Câmara, José Osorio de Ávila:

[jwplayer mediaid="65938"]

Matérias Relacionadas

Política

Retirado de pauta projeto que concede reposição salarial aos servidores públicos municipais de Jaraguá

O reajuste corresponde a inflação de 2019 – que deve ser algo em torno de 3,41% - o valor será divulgado em abril desse ano.
Retirado de pauta projeto que concede reposição salarial aos servidores públicos municipais de Jaraguá
Jaraguá do Sul

Projeto que concede reajuste aos servidores públicos municipais de Jaraguá será votado em sessão extraordinária

O objetivo da convocação é para votar o projeto que concede reposição salarial aos servidores públicos municipais
Projeto que concede reajuste aos servidores públicos municipais de Jaraguá será votado em sessão extraordinária
Política

Deputados aprovam autorização de empréstimo de quase R$ 1,7 bilhão para SC

Com a aprovação, o Parlamento pode deliberar, já a partir desta quarta-feira (25), proposições que tratam do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em Santa Catarina.
Deputados aprovam autorização de empréstimo de quase R$ 1,7 bilhão para SC
Política

Presidente revoga artigo que suspendia contrato de trabalho

O Artigo 18 previa que, durante o estado de calamidade pública, o contrato de trabalho poderia ser suspenso por até quatro meses
Presidente revoga artigo que suspendia contrato de trabalho
Ver mais de Política