POLÍTICA

Câmara adia votação sobre lei de licitações e regulamentação do lobby

19 Mar 2019 - 19h27Por Mariana Haubert e Camila Turtelli

Líderes de partidos na Câmara decidiram adiar a votação de dois projetos que estavam na pauta do plenário desta terça-feira, 19, por causa de dúvidas sobre o mérito das propostas e falta de acordo sobre elas. Um deles trata da instituição de um novo marco legal para as licitações e o outro regulamenta o exercício do lobby no Brasil. Os textos podem ser analisados nesta quarta-feira, 20, se houver concordância dos partidos.

Siglas da oposição já apresentaram requerimentos para obstruir a votação e a avaliação é de que não há condições de avançar com as votações porque até mesmo partidos governistas pediram mais tempo para analisar o conteúdo das propostas.

Na sessão desta terça, o plenário está analisando requerimentos de urgência para votação de projetos de lei e propostas ligadas à pauta feminina, decidida no início do mês por causa do Dia Internacional da Mulher.

Além destes, os parlamentares podem votar ainda hoje um projeto que reformula dispositivos da Política Nacional de Turismo. O texto permite que detentores de capital estrangeiro possam controlar empresas aéreas com sede no Brasil. A permissão, no entanto, já foi dada por meio da Medida Provisória 863/18, editada pelo ex-presidente Michel Temer. Ela ainda aguarda votação no Congresso.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Política

Projeto pretende criar Regime Especial de Contratação de Mulheres Vítimas de Violência Domésticas

A redação do PL determina que o SINE de Jaraguá do Sul destine 10% das vagas mensais do mercado de trabalho para encaminhar mulheres do Regime Especial às entrevistas de emprego em Jaraguá
Educação

Vereadores aprovam R$ 5,9 milhões para ações na Educação em Jaraguá

O PL foi aprovado em votação única e vai destinar recursos para reformas de prédios, compra de materiais de trabalho e campanha de divulgaçãO
Vereadores aprovam R$ 5,9 milhões para ações na Educação em Jaraguá
Política

STF mantém anulação das condenações de Lula

Por 8 votos a 3, STF negou recurso para derrubar a decisão de Fachin
Ver mais de Política