105 Ouça
Valeio Gorges
POLÍTICA

Bolsonaro tenta explicar gastos com cartão, mas se equivoca na base de comparação

08 Mar 2019 - 10h12

O presidente Jair Bolsonaro tentou explicar em uma Live no Facebook feita nesta quinta-feira, 7, a reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo que revelava aumento de 16% nos gastos com cartões corporativos da Presidência da República. No vídeo, Bolsonaro diz que a matéria compara janeiro de 2019 com janeiro de 2018, e atribui a alta dos gastos com cartões às despesas com sua posse.

A reportagem, no entanto, fez o comparativo com a média dos últimos quatro anos, e considerou, ainda, a inflação do período.

"Os gastos com cartões corporativos da Presidência da República nos dois primeiros meses do governo Jair Bolsonaro aumentaram 16% em relação à média dos últimos quatro anos, já considerada a inflação no período. Apesar de ter seu fim defendido durante a transição, a nova gestão não só manteve o uso dos cartões como foi responsável por uma fatura de R$ 1,1 milhão", diz trecho inicial da matéria.

Valeio Gorges

Matérias Relacionadas

Geral

Paróquia Luterana da Barra recebe homenagem pelos 100 anos de história

Paróquia Luterana da Barra recebe homenagem pelos 100 anos de história
Política

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

Propaganda no rádio e TV no 1º turno começa dia 26 de agosto
TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral
Política

Paulo Bornhausen lança livro sobre modelo de trabalho de 30 anos de vida pública

Ex-deputado federal compilou no livro uma série de artigos que publicou
 Paulo Bornhausen lança livro sobre modelo de trabalho de 30 anos de vida pública
Política

Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário

Salário de ministro passa de R$ 39,6 mil para R$ 46,3 mil
Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário
Ver mais de Política