dengue
POLÍTICA

Assembleia de SP aprova projeto de desestatização

16 Mai 2019 - 12h43Por Paulo Beraldo

O plenário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou na noite de quarta-feira, 15, um projeto que integra o Plano Estadual de Desestatização do governador João Doria.

Por 57 votos a 26, os deputados paulistas aprovaram a proposta que extingue pelo menos três companhias públicas: a Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS), a Empresa Paulista de Planejamento (Emplasa) e a Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp). O texto prevê, ainda, a incorporação da Imprensa Oficial do Estado (Imesp) na Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp).

Seis partidos fecharam questão contra o projeto: PT, PSOL, Pros, Rede, Avante, PC do B e PDT foram contrários. Já os favoráveis foram PSDB, Novo, DEM, PV, PRB, PR, Podemos, Patriotas, PHS, Cidadania e MDB. As outras siglas, como o PSL, se dividiram.

Desde a campanha eleitoral, o governador João Doria tem defendido a redução do tamanho do Estado. Ele já defendeu, por exemplo, a privatização de todos os aeroportos paulistas e um plano de desestatizar locais como o Zoológico de São Paulo e Jardim Botânico. A privatização da hidrovia Tietê-Paraná, do porto de São Sebastião e a concessão de presídios à iniciativa privada com parcerias público-privadas também são projetos do governador.

Matérias Relacionadas

Política

PL de Guaramirim amplia conversa com partidos e com a comunidade

Sigla conta com o apoio do PRD, PSDB e Republicanos
PL de Guaramirim amplia conversa com partidos e com a comunidade
Política

Partido Novo apresenta pré-candidatos à Prefeitura de Guaramirim

Evento ocorreu na tarde de segunda-feira (27) e contou com a participação de filiados e apoiadores
Partido Novo apresenta pré-candidatos à Prefeitura de Guaramirim
Política

Joinville recebe sessão itinerante da Assembleia Legislativa

Projeto faz parte do calendário de comemoração dos 190 anos da Alesc.
Joinville recebe sessão itinerante da Assembleia Legislativa
Geral

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias

Matéria está na CCJ para discussão
Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias
Ver mais de Política