maio amarelo
POLÍTICA

Aprovação da maneira de governar de Bolsonaro é de 51% em abril, diz CNI/Ibope

24 Abr 2019 - 12h21Por Daniel Weterman

Metade da população brasileira aprova a maneira do presidente Jair Bolsonaro governar, mostra pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta-feira, 24, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Entre os entrevistados, a aprovação é de 51%, o mesmo porcentual do levantamento realizado pelo instituto em março. No início da gestão, em janeiro, a aprovação era maior: 67%.

Para pesquisar esse índice, o Ibope perguntou aos entrevistados se estes aprovam ou desaprovam o governo, sem colocar avaliações de ótimo/bom ou ruim/péssimo - feitas em outra pergunta.

Entre os consultados, 51% dizem confiar no presidente, ante 49% em março. Não houve alteração do indicador fora da margem de erro, que é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

A confiança caiu em relação ao começo da administração: 62% diziam ter confiança em Bolsonaro no mês de janeiro. Já o índice dos que não confiam foi de 45% neste mês, ante 44% no mês anterior e 30% no primeiro mês do ano. Foram ouvidas 2 mil pessoas de 12 a 15 de abril. A pesquisa tem um nível de confiança de 95%.

Matérias Relacionadas

Política

Obra na SC 108, em Guaramirim, será alvo de avaliação do Tribunal de Contas

TCE/SC faz levantamento em contratos e obras de infraestrutura no Estado que somam R$ 2,9 bilhões
Obra na SC 108, em Guaramirim, será alvo de avaliação do Tribunal de Contas
Política

Lunelli critica burocracia para liberação de recursos aos atingidos pelas enchentes

Parlamentar também destacou a importância da obra de dragagem autorizada pelo governo do Estado em Rio do Sul 
Lunelli critica burocracia para liberação de recursos aos atingidos pelas enchentes
Política

Em Brasília, Caropreso discute canabidiol e segunda língua estrangeira nas escolas

O parlamentar realizou reuniões com senadores e parlamentares para tratar de projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional que tratam do uso medicinal da cannabis e do ensino de segundo idioma estrangeiro nas escolas
Em Brasília, Caropreso discute canabidiol e segunda língua estrangeira nas escolas
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Ver mais de Política