transito
Polícia

Mulher se passava por irmã morta há 35 anos

24 Mai 2011 - 12h07

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher, ao Idoso (DPCAMI) de Jaraguá do Sul, descobriu neste mês que uma mulher que se passava há quase 35 anos por Neli de Souza, era na verdade a irmã dela; seu nome verdadeiro é Santalina Borges Meurer, de 63 anos. A verdadeira Neli já tinha falecido.


O Inquérito Policial que está indiciando Santalina por falsidade ideológica e falsa identidade foi instaurado em fevereiro, mas só neste mês os familiares foram localizados e, após depoimentos deles, a Polícia Civil teve a extensão da mentira de Santalina. Nem os três filhos sabiam do nome verdadeiro de mãe.

O CASO

Em fevereiro uma mulher se denominando Neli de Souza teve seus documentos furtados e foi ao Setor de Identificação de Jaraguá do Sul para providenciar novo documento. Encaminhado para o Instituto Geral de Perícia (IGP), verificou-se que as digitais coletadas eram de outra pessoa: Santalina Borges Meurer.

Os Policiais da DPCAMI de Jaraguá do Sul abriram Inquérito Policial para investigar o caso. Após diligências e depoimentos descobriu-se que há quase 35 anos ela se passava pela irmã falecida.

Em 1971, Santalina Ferreira Borges, ao pedido do pai, casou-se com um senhor bem mais velho que ela, e passou a se chamar Santalina Borges Meurer. Entretanto, como não vivia uma união conjugal com seu primeiro esposo, casou-se novamente em 1976, utilizando-se dos documentos pessoais da irmã Neli Ferreira Borges, já falecida. Ela fez isso porque não poderia se casar novamente sem estar divorciada. Santalina passa a assumir o nome de Neli de Souza.


Desde então, os filhos que ele teve com o segundo casamento, todas as aquisições financeiras foram adquiridas com a identidade de Neli de Souza. Nem os filhos sabiam o verdadeiro nome dela.

Outra questão apurada pela Polícia é que em 1977, com o falecimento do primeiro esposo, a acusada utiliza seus documentos verdadeiros, como viúva, para receber o benefício do INSS.

 

Matérias Relacionadas

Polícia

Cinco pessoas são presas por agiotagem e extorsão, em Rio Negrinho e Itaiópolis 

Operação Avalanche prendeu grupo que cobrava vítimas sob ameaça
Cinco pessoas são presas por agiotagem e extorsão, em Rio Negrinho e Itaiópolis 
Segurança

PRF apreende 400 garrafas de vinhos que seriam entregues em Jaraguá do Sul

As garrafas de vinhos argentinos estavam sendo transportadas ilegalmente.
PRF apreende 400 garrafas de vinhos que seriam entregues em Jaraguá do Sul
Segurança

Homem é acusado de estupro contra adolescente de 14 anos em Guaramirim 

Caso foi registrado na noite de domingo 
Homem é acusado de estupro contra adolescente de 14 anos em Guaramirim 
Segurança

Abate ilegal de boi vira caso de Polícia em Guaramirim

Uma arma irregular foi apreendida.
Abate ilegal de boi vira caso de Polícia em Guaramirim
Ver mais de Polícia