Polícia

Mulher se passava por irmã morta há 35 anos

24 Mai 2011 - 12h07

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher, ao Idoso (DPCAMI) de Jaraguá do Sul, descobriu neste mês que uma mulher que se passava há quase 35 anos por Neli de Souza, era na verdade a irmã dela; seu nome verdadeiro é Santalina Borges Meurer, de 63 anos. A verdadeira Neli já tinha falecido.


O Inquérito Policial que está indiciando Santalina por falsidade ideológica e falsa identidade foi instaurado em fevereiro, mas só neste mês os familiares foram localizados e, após depoimentos deles, a Polícia Civil teve a extensão da mentira de Santalina. Nem os três filhos sabiam do nome verdadeiro de mãe.

O CASO

Em fevereiro uma mulher se denominando Neli de Souza teve seus documentos furtados e foi ao Setor de Identificação de Jaraguá do Sul para providenciar novo documento. Encaminhado para o Instituto Geral de Perícia (IGP), verificou-se que as digitais coletadas eram de outra pessoa: Santalina Borges Meurer.

Os Policiais da DPCAMI de Jaraguá do Sul abriram Inquérito Policial para investigar o caso. Após diligências e depoimentos descobriu-se que há quase 35 anos ela se passava pela irmã falecida.

Em 1971, Santalina Ferreira Borges, ao pedido do pai, casou-se com um senhor bem mais velho que ela, e passou a se chamar Santalina Borges Meurer. Entretanto, como não vivia uma união conjugal com seu primeiro esposo, casou-se novamente em 1976, utilizando-se dos documentos pessoais da irmã Neli Ferreira Borges, já falecida. Ela fez isso porque não poderia se casar novamente sem estar divorciada. Santalina passa a assumir o nome de Neli de Souza.


Desde então, os filhos que ele teve com o segundo casamento, todas as aquisições financeiras foram adquiridas com a identidade de Neli de Souza. Nem os filhos sabiam o verdadeiro nome dela.

Outra questão apurada pela Polícia é que em 1977, com o falecimento do primeiro esposo, a acusada utiliza seus documentos verdadeiros, como viúva, para receber o benefício do INSS.

 

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Segurança

Homem relata perseguição com faca e PM intervém em Jaraguá do Sul

Caso foi registrado no fim da tarde de ontem (20)
Homem relata perseguição com faca e PM intervém em Jaraguá do Sul
Segurança

Homem dá tapa em mulher em loja no centro de Jaraguá

Agressão foi registrada na tarde de terça-feira
Homem dá tapa em mulher em loja no centro de Jaraguá
Segurança

MP ajuíza ação contra autoescolas da região de Jaraguá

Ação Civil Pública foi ajuizada pela 7ª Promotoria de Justiça de Jaraguá do Sul a partir de investigação do GAECO
MP ajuíza ação contra autoescolas da região de Jaraguá
Segurança

Contrabando: em 2 anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro

Ministério diz que apreensões evitaram prejuízo de R$ 549 milhões
Contrabando: em 2 anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro
Ver mais de Polícia