Massaranduba

Águas de Massaranduba/ EBS esclarece informação divulgada pelo jornal Diário Catarinense

A água consumida pelos moradores da cidade é potável e própria para o consumo humano.

25 Mar 2019 - 17h30Por Águas de Masaranduba

Diante da divulgação do jornal Diário Catarinense, na última sexta-feira (de 22 de março de 2019), com a matéria jornalística “Água de 22 cidades têm rastros de agrotóxicos”, a EBS - Empresa Brasileira de Saneamento, responsável pela operação da Águas de Massaranduba esclarece:

A portaria de consolidação nº 05/2017 do Ministério da Saúde, que trata do Controle e da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano e seu Padrão de Potabilidade, não aponta o agrotóxico analisado em sua listagem de agrotóxicos obrigatórios a serem verificados. Assim como divulgado pela ARIS - Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, em nota oficial no dia 22 de março de 2019, a ARIS exige do prestador o fornecimento de água potável na qualidade preconizada pelo padrão de potabilidade definido na legislação vigente e nas normas expedidas pelos órgãos públicos competentes.

Desta forma, a empresa realiza avaliação diária da água que é captada e distribuída, assim periodicamente envia relatórios para ARIS;

Somos monitorados pela ARIS e pela Vigilância Sanitária, o que assegura a qualidade da água distribuída na cidade de Massaranduba. Desta maneira, é certo que a água consumida pelos moradores da cidade, é potável e própria para o consumo humano.

Temos a responsabilidade de proteger e vigiar a água do Rio, por isso também a monitoramos. Quando a mesma apresenta alteração, imediatamente cancelamos a captação da água do rio, o que pode provocar redução no fornecimento de água para a cidade. No entanto, entendemos que esta medida protege o morador de Massaranduba que consome a água distribuída por nós.

Além da suspensão da captação, informamos formalmente todos os órgãos competentes sobre o motivo da interrupção.

Seguindo as orientações previstas na legislação vigente, temos o compromisso de monitorar constantemente a qualidade da água captada, tratada e distribuída por nós.
De acordo com o ofício circular n° 001/2019 divulgado pela ARIS em 22 de março de 2019, “A ARIS, baseada nos resultados obtidos, esclarece que a água distribuída está apta para o consumo humano”.

Reiteramos que todos os nossos procedimentos assim como nossos profissionais são devidamente capacitados e que trabalham no intuito de entregar o melhor produto e serviço aos nossos clientes e usuários cumprindo todas as normas e legislações vigentes no que tange o assunto em questão.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá e região seguem em nível gravíssimo para covi-19

Apenas a região da Grande Florianópolis se manteve no patamar grave (cor laranja) para a transmissão da Covid-19
Jaraguá e região seguem em nível gravíssimo para covi-19
Segurança

Colisão envolvendo caminhão deixa motociclista ferido em Massaranduba

Os bombeiros voluntários foram acionados para a ocorrência às 12h31 desta sexta-feira.    
Segurança

Após acidente, motorista se nega a colocar máscara e xinga policiais em Massaranduba

Motorista foi liberado após assinar um termo circunstanciado por desacato, desobediência e resistência
Após acidente, motorista se nega a colocar máscara e xinga policiais em Massaranduba
Segurança

Operação Moto Segura vai até 31 de maio nos municípios da região

O objetivo é abordar motociclistas e fiscalizar o trânsito das motos que circulam nas cidades que compõem o 14º BPM, Schroeder, Jaraguá do Sul, Massaranduba, Guaramirim e Corupá.
Operação Moto Segura vai até 31 de maio nos municípios da região
Ver mais de Massaranduba