Massaranduba

Águas de Massaranduba/ EBS esclarece informação divulgada pelo jornal Diário Catarinense

A água consumida pelos moradores da cidade é potável e própria para o consumo humano.

25 Mar 2019 - 17h30Por Águas de Masaranduba

Diante da divulgação do jornal Diário Catarinense, na última sexta-feira (de 22 de março de 2019), com a matéria jornalística “Água de 22 cidades têm rastros de agrotóxicos”, a EBS - Empresa Brasileira de Saneamento, responsável pela operação da Águas de Massaranduba esclarece:

Câmara de Vereadores de Jaraguá

A portaria de consolidação nº 05/2017 do Ministério da Saúde, que trata do Controle e da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano e seu Padrão de Potabilidade, não aponta o agrotóxico analisado em sua listagem de agrotóxicos obrigatórios a serem verificados. Assim como divulgado pela ARIS - Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, em nota oficial no dia 22 de março de 2019, a ARIS exige do prestador o fornecimento de água potável na qualidade preconizada pelo padrão de potabilidade definido na legislação vigente e nas normas expedidas pelos órgãos públicos competentes.

Desta forma, a empresa realiza avaliação diária da água que é captada e distribuída, assim periodicamente envia relatórios para ARIS;

Somos monitorados pela ARIS e pela Vigilância Sanitária, o que assegura a qualidade da água distribuída na cidade de Massaranduba. Desta maneira, é certo que a água consumida pelos moradores da cidade, é potável e própria para o consumo humano.

Temos a responsabilidade de proteger e vigiar a água do Rio, por isso também a monitoramos. Quando a mesma apresenta alteração, imediatamente cancelamos a captação da água do rio, o que pode provocar redução no fornecimento de água para a cidade. No entanto, entendemos que esta medida protege o morador de Massaranduba que consome a água distribuída por nós.

Além da suspensão da captação, informamos formalmente todos os órgãos competentes sobre o motivo da interrupção.

Seguindo as orientações previstas na legislação vigente, temos o compromisso de monitorar constantemente a qualidade da água captada, tratada e distribuída por nós.
De acordo com o ofício circular n° 001/2019 divulgado pela ARIS em 22 de março de 2019, “A ARIS, baseada nos resultados obtidos, esclarece que a água distribuída está apta para o consumo humano”.

Reiteramos que todos os nossos procedimentos assim como nossos profissionais são devidamente capacitados e que trabalham no intuito de entregar o melhor produto e serviço aos nossos clientes e usuários cumprindo todas as normas e legislações vigentes no que tange o assunto em questão.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Começa distribuir novas doses da vacina contra a Covid-19 em SC

Ao todo, o estado recebeu na quarta-feira (24) o total de 107.700 doses: 59.500 da vacina Oxford/AstraZeneca e 48.200 doses Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan
Começa distribuir novas doses da vacina contra a Covid-19 em SC
Segurança

Quatro pessoas são autuadas por posse de drogas na região

Todos foram abordados com maconha
Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Segurança

Homem é detido por perturbação do sossego em Massaranduba

Fato ocorreu na madrugada de ontem (21)
Homem é detido por perturbação do sossego em Massaranduba
Ver mais de Massaranduba