Agricultura

Secretário da Agricultura explica como funciona o modelo de inspeção sanitária animal em SC

29 Mar 2017 - 16h08
Após os desdobramentos da Operação Carne Fraca, a Secretaria de Estado da Agricultura e a CIDASC, destacam que há acompanhamento de bovinos, aves e suínos, desde o nascimento dos animais com supervisão de profissionais até o abate e a comercialização da carne ao consumidor.

No caso dos bovinos, segundo a secretaria, todos os animais nascidos em SC recebem um brinco que permite a identificação e garante a rastreabilidade do rebanho. Para que os animais, incluindo aves e suínos, sejam transportados, é obrigatório a entrega da guia de trânsito animal que atesta a sanidade.

Quando o animal chega ao frigorifico é obrigatório a presença de um veterinário durante o abate. São feitos exames antes e depois. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, explica como funciona a fiscalização para os produtos que serão exportados e vendidos para fora do Estado.

A entrevista foi concedida à repórter Jéssica Bahia, da Rede de Noticias Acaert...

 

[jwplayer mediaid="317906"]

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região