Jogos Escolares da Juventude

SC classifica seis escolas às finais dos Jogos Escolares da Juventude

14 Set 2015 - 14h10
SC classifica seis escolas às finais dos Jogos Escolares da Juventude -

Com a rodada das semifinais desta sexta-feira, 11, dos Jogos Escolares da Juventude (Jej), em Fortaleza (CE), Santa Catarina classificou seis escolas para as finais das modalidades coletivas da competição a serem realizadas neste sábado,12. “Foi um resultado positivo, pois das oito modalidades em disputa se classificamos em seis”, disse Luciano Heck, chefe da delegação catarinense.


As escolas que disputarão as finais são Centro Educacional Recriarte, de Camboriú, no futsal masculino; Escola Estadual José Marcolino Eckert, de Pinhalzinho, no futsal feminino; Colégio São José, de Porto União, no basquete masculino; Colégio La Salle Peperi/Abasmo/Fumdesmo, de São Miguel do Oeste, no basquete feminino; Colégio Cultura, de Brusque, no vôlei feminino e Escola Erwin Prade, de Timbó, no vôlei masculino.


Apenas o handebol masculino da Escola Estadual Rubens de Arruda Ramos, de Lages, não conseguiu classificação, pois perdeu a semifinal por 22 a 18 para Escola Municipal Paulo Nunes, do Piauí. Disputará o terceiro lugar com o Instituto de Educação O Mestre, do Rio Grande do Norte.

Dia de emoção para os catarinenses

No futsal, vitórias tranquilas nas semifinais nos dois naipes por 3 a 0. Entre os homens, do Centro Educacional Recriarte, de Camboriú, a conquista foi diante do Centro Educacional Frei Antoni, de Tocantins. Com a vitória, além da vaga na final, os catarinenses subiram para a primeira divisão da competição a ser disputada no ano que vem.

Agora os catarinenses de Camboriú brigarão pelo título com o Colégio Batista Mineiro, de Minas Gerais. Entre as mulheres do futsal, da Escola Estadual Marcolino Erkert, de Pinhalzinho, a vitória veio depois de um 3 a 0 sobre Centro Educacional Tsuro Orguido, do Paraná: 3 a 0 em um jogo em que as catarinenses dominaram por completo as ações do confronto. Agora, o próximo objetivo das meninas é conquistar o titulo da modalidade contra o Centro Adventista de Taguatinga, de Minas Gerais.

No vôlei masculino, Escola Erwin Prade, de Timbó, conseguiu vaga na final ao derrotar o Colégio Leonardo da Vinci, de São Paulo por 3 a 0 com parciais de 25/21, 25/15 e 25/14. A escola de Timbó pega na final o Sistema Elite de Ensino Tijuca, do Rio de Janeiro.


Já o vôlei feminino do Colégio Cultura, de Brusque, teve uma vitória suada diante das alunas do Colégio Amorin Vila Guilherme, de São Paulo, já que começaram perdendo, mas conseguiram fechar o jogo em 3 a 1, com parciais 24/26, 25/18, 25/11 e 25/17. Agora as catarinenses pegam na final o vencedor o Colégio Sel,  Rio de Janeiro.


Para o técnico Everton Nascimento, as meninas começaram nervosas, mas depois se impuseram na partida. “Elas também sentiram muito a quadra aberta em que a claridade atrapalhou o jogo de Santa Catarina, mas a equipe conseguiu superar esta dificuldade”.

O basquete feminino foi dramático para as catarinenses, do Colégio La Salle Peperi/Abasmo/Fumdesmo, de São Miguel do Oeste, pois elas passaram toda a partida atrás no placar e, nos últimos minutos, a armadora Eduarda Lavall converteu cinco bolas de três pontos e deu números finais: 47 a 44 para as catarinenses. Agora, Santa Catarina pega na final as estudantes do Colégio Marista, do Espírito Santo.

Já o basquete masculino do Colégio São José, de Porto União, teve uma vitória mais tranquila sobre o Reino Infantil, do Maranhão: 69 a 37. Com o resultado, além de garantir disputa na final os catarinenses subiram para a primeira divisão dos Jej. A disputa da final será contra o Colégio Salesiano, de Pernambuco.

Fonte: Secom

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região