Jaraguá do Sul

Próximo julgamento no Fórum de Guaramirim é marcado para o ano que vem

13 Nov 2015 - 16h50

A sessão do Tribunal do Júri da última quinta-feira (12), que condenou Eluína Pires dos Santos Carvalho e Rege Aparecido de Carvalho a 18 anos e oito meses de prisão pela morte de Silvia Cisz, foi a última de 2015 no Fórum da Comarca de Guaramirim. As atribuições da Vara Criminal continuarão a ser cumpridas, mas os julgamentos de casos que, na visão da Justiça, dependem da avaliação popular para serem decididos, só serão retomados no ano que vem.


Em 23 de fevereiro de 2016, o Tribunal do Júri volta a se reunir para julgar, por homicídio, Mauro Peres, acusado de matar Roberto Fernandes, de 44 anos, no pátio de um posto de combustíveis no bairro Guamiranga. O crime ocorreu em 23 de março deste ano, mas ele ficou 17 dias internado antes de falecer. A vítima se tornou conhecida quando gravou um vídeo zombando da Polícia Rodoviária Federal, enquanto passava por um posto de patrulhamento à 160 km/h.

Enquanto isso, em Jaraguá do Sul, pelo menos mais dois julgamentos estão marcados para este ano. O próximo ocorre em 24 de novembro, quando Rodrigo Ávila Dias estará no banco dos réus, acusado de matar Ciliane Aparecida Pires, sua ex-companheira, no bairro Três Rios do Norte, em novembro do ano passado. No próximo dia 16, o caso completará um ano. A vítima foi encontrada morta em um terreno no loteamento Ninho Verde, segundo informações da Polícia Militar. Depois de uma discussão Rodrigo teria dado cerca de 20 facadas na mulher. O acusado fugiu para o bairro João Pessoa e, após consultar o advogado, se entregou e confessou o assassinato.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região