Região

Prefeituras apertam o cerco contra os gastos

27 Ago 2015 - 16h45

Cortes de horas extras, diminuição de compras e paralisação de obras estão entre as medidas já realizadas para diminuir o déficit programado para o ano. A desaceleração da economia nacional, gerando quedas nos repasses do governo federal aos municípios, é apontado como a causa principal dos problemas financeiros atuais.


Aqui na região da Amvali, a Prefeitura de Guaramirim adotará turno único, a partir da segunda semana de setembro. A confirmação foi dada pelo prefeito Lauro Frölich (PSD) e a medida, a partir do dia 8, serve para economizar pelo menos R$ 350 mil até o fim do ano. O horário reduzido será implantado de terças às sextas-feiras. Apenas nas segundas-feiras, o expediente será em horário normal. De acordo com o prefeito, se estas medidas não surtirem o efeito esperado, a próxima fase é o corte de pessoal comissionado. Ao ser questionado sobre uma possível redução de salários, o prefeito disse que isso depende de avaliação jurídica.

Durante a reinauguração da escola Marcos Verbinenn, na manhã de hoje, o prefeito Dieter Janssen, conversou com o repórter Gabriel Vieira sobre o assunto e falou como está a situação em Jaraguá do Sul. [jwplayer mediaid="232911"]

Rogério Tallini/Gabriel Vieira

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região