Corupá

Prefeito de Corupá rebate denúncias e nega desvio de donativos para atingidos por enchente

04 Mar 2016 - 22h28

O prefeito de Corupá, Luiz Carlos Tamanini (PMDB), rebateu a denúncia feita pelo Ministério Público contra ele e que foi aceita pela Justiça em meados de fevereiro. O promotor Ricardo Viviani, responsável pela Ação Civil Pública, confirmou nesta quarta-feira (2) que, desde então, Tamanini é réu no processo que investiga um possível desvio de donativos destinados aos atingidos pela enchente de 2014.


A denúncia dá conta que a Prefeitura de Corupá montou kits com roupas, doadas pela Receita Federal e que deveriam ter sido entregues aos atingidos pela enchente de junho daquele ano. No entanto, os mantimentos teriam sido entregues para os servidores municipais, mesmo aqueles que não foram vítimas na enxurrada.

Em entrevista no final da tarde de sexta-feira (4), Tamanini desmentiu a denúncia, alegando que repassou as roupas apenas aos servidores que foram, de fato, atingidos pelas águas. Ele ainda comentou que, naquele ano, o município não receberia recursos federais, por ser ano de eleições.[jwplayer mediaid="262847"]

De acordo com os autos do processo, o prefeito é obrigado a apresentar uma defesa à Justiça, porém a Prefeitura tem a opção de não se manifestar. Apesar disso, segundo Tamanini, o Executivo de Corupá deve se pronunciar.[jwplayer mediaid="262848"]


Ele ainda criticou o nível da denúncia, alegando que tem como provar quais pessoas receberam as doações. Negando, mais uma vez, os atos descritos na denúncia, o prefeito classificou o processo como “ato político”.[jwplayer mediaid="262849"]

Segundo o promotor de Justiça, Ricardo Viviani, o caso está na fase de argumentação, ou seja, o prefeito e o município têm a possibilidade de apresentar uma defesa. No caso da Prefeitura, porém, o pronunciamento é opcional.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região