maconha

Policiais recolhem pequena quantidade de maconha em cinco apreensões

03 Mar 2016 - 11h27
Às 6h45 desta quinta-feira (3), na Avenida Getúlio Vargas, Centro de Jaraguá do Sul, um jovem de 18 anos estava próximo ao shopping com um cigarro de maconha.

Na rua Júlio Tissi, bairro Nereu Ramos, às 23h20 de quarta-feira (2), um jovem de 19 anos foi detido com um cigarro de maconha, depois de ser abordado em atitude suspeita.

Às 21h, na rua Ingo Blunk, bairro Estrada Nova, policiais em rondas encontraram duas pessoas em atitude suspeita. Ao verem a aproximação dos policiais, os homens entraram numa casa. Os dois foram abordados e, com um deles, de 19 anos, foi apreendido um torrão de maconha. Embaixo do travesseiro, no quarto de um deles, mais um pequeno torrão da mesma droga.

Na rua Ângelo Rubini, também na Barra do Rio Cerro, às 11h de ontem, policiais abordaram um VW Golf, cujo motorista estava sem o cinto de segurança. Na busca veicular foi encontrado um cigarro de maconha. O homem também não tinha habilitação. Vai responder em liberdade pelos crimes de trânsito e posse de drogas.

Um jovem de 20 anos foi detido por policiais militares, por volta das 8h20 desta quarta-feira (2), com três buchas de maconha, na rua Bertha Weege, na Barra do Rio Cerro. Em rondas, os PMs viram o jovem em atitude suspeita e fizeram a abordagem. Na revista pessoal, nada foi encontrado, porque ele havia jogado no chão a droga. O jovem informou aos policiais que estava indo visitar o irmão no Presídio Regional de Jaraguá do Sul, mas que iria jogar a maconha fora antes de chegar ao presídio.

Em ambos os casos, ninguém foi preso. As drogas foram apreendidas e os usuários liberados após assinatura de Termos Circunstanciados.

Desde o dia 1 de janeiro até a madrugada desta quinta-feira (3), a Polícia Militar registrou 97 casos de posse de entorpecentes na área de abrangência do 14º BPM, uma média de 1,5 caso por dia.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região